sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Donald Trump reuniu-se no FBI com serviços secretos para encontro de preparação

O milionário Donald Trump participou esta quarta-feira numa reunião de informação confidencial com os representantes dos serviços secretos norte-americanos, um privilégio reservado aos dois candidatos às presidenciais dos Estados Unidos para se prepararem para as responsabilidades.

Donald Trump, o candidato republicano à Casa Branca, deslocou-se às instalações do FBI (polícia federal norte-americana) em Nova Iorque para participar no encontro, noticiou ABC, porque o edifício tem salas seguras.

Aquelas reuniões são organizadas pelo diretor dos serviços secretos dos Estados Unidos. A candidata democrata Hillary Clinton também vai reunir-se, mas separadamente.

As reuniões têm como objetivo preparar os candidatos para o mais alto cargo da Nação, em caso de vitória nas eleições de novembro, fornecendo-lhes informações sobre o estado das ameaças globais contra os Estados Unidos.

Mas, segundo a imprensa, nenhuma informação sobre operações secretas e de espionagem será transmitida a Donald Trump.

Os democratas têm manifestado preocupação com a possibilidade de Donald Trump ter acesso a informação sensível.

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, já se manifestou sobre aquela preocupação a 04 de agosto.

"Se se querem tornar Presidente, devem comportar-se como um Presidente", disse, acrescentando que aquilo significa que os candidatos devem assistir as sessões de informação e não revelar o seu conteúdo.

Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.