sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Presidente mexicano convidou Trump e Clinton a visitar o país

O Presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, convidou os candidatos presidenciais dos Estados Unidos, o republicano Donald Trump e a democrata Hillary Clinton, a visitar o seu país, mas indicou que ainda não foi confirmado nenhum dos encontros.

O diário norte-americano The Washington Post publicou na terça-feira que Trump está a considerar deslocar-se hoje à capital mexicana para uma reunião com Peña Nieto, de acordo com fontes dos dois países próximas das negociações.

Após a publicação desta informação, a presidência mexicana indicou que Peña Nieto enviou, na passada sexta-feira, "convites aos dois candidatos" que foram recebidos em "bons termos pelas suas respetivas equipas de campanha".

No entanto, acrescentou, "não há ainda confirmação de nenhuma das reuniões".

Numa entrevista à emissora Televisa no passado dia 16 de agosto, Peña Nieto disse que o seu Governo "está absolutamente disposto a trabalhar com quem eventualmente seja escolhido Presidente dos Estados Unidos" em novembro.

Questionado sobre se se reuniria com Trump, que durante a sua campanha fez declarações ofensivas contra os imigrantes mexicanos, Peña Nieto respondeu afirmativamente.

"Gostaria eventualmente de dialogar com os dois candidatos. Porque creio que é importante. Ouvi diferentes argumentos, o que se disse nos discursos, e parece-me que há uma visão distorcida do que realmente significa a relação entre o México e os Estados Unidos", disse.

Lusa

  • "O PSD não é o bombeiro de serviço desta geringonça"
    1:09

    TSU

    O líder da bancada social-democrata avisa os partidos da esquerda para que tenham o caso da TSU como exemplo e não voltem a usar o PSD como muleta em situações em que não estejam de acordo com o Governo, como pode vir a acontecer com as PPP no setor da saúde. Luís Montenegro foi entrevistado esta manhã na SIC Notícias.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.