sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Peña Nieto justifica encontro com Trump como forma de encarar "ameaça e risco"

O Presidente do México, Enrique Peña Nieto, justificou hoje o seu encontro com o candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, com a necessidade de "enfrentar a ameaça e o risco" que representa para o seu país.

"Como Presidente da República, tenho uma única responsabilidade, que é cuidar dos mexicanos e olhar pelo México", declarou o mandatário numa entrevista ao canal Televisa.

Peña Nieto acrescentou que "hoje, como nunca terá acontecido noutro momento da história eleitoral dos Estados Unidos, o México faz parte do debate e houve posicionamentos que, francamente, representam uma ameaça e um risco para o México".

Peña Nieto e Trump encontraram-se na quarta-feira, após um convite do Presidente mexicano, tendo reunido à porta fechada.

Em conferência de imprensa na residência presidencial de Los Pinos, depois da reunião, Trump expressou "grande respeito" pelo povo mexicano, mas reiterou a necessidade de construir um muro para acabar com a migração ilegal.

Desde o início da sua campanha que Trump tem lançado ataques aos imigrantes mexicanos que cruzam ilegalmente a fronteira para os Estados Unidos, prometendo severas medidas anti-imigração, incluindo deportações em massa.

O republicano prometeu, se eleito, construir um muro na fronteira entre os dois países, que seria, afirmou, pago pelo Governo mexicano.

Quando lançou a sua campanha, no ano passado, Trump descreveu os imigrantes mexicanos como traficantes de droga e violadores.

Lusa

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11