sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Trump quer mais despesas militares e plano para derrotar o Daesh

O candidato presidencial republicano Donald Trump defendeu esta quarta-feira um aumento substancial das despesas militares norte-americanas e disse que se ganhar vai pedir aos generais um plano para derrotar no prazo de um mês o Daesh.

Ao discursar em Filadélfia, Trump disse aos apoiantes que as forças armadas dos Estados Unidos estão "tão enfraquecidas" que é necessário um plano em larga escala, incluindo um aumento do contingente militar e o reforço da aviação e dos navios de guerra.

"O legado de Hillary Clinton no Iraque apenas produziu turbulência, sofrimento e morte", disse perante a assistência.

"Imediatamente após tomar posse, vou pedir aos meus generais para me apresentarem um plano dentro de 30 dias para derrotar e destruir o Daesh", disse Trump.

"Isto vai implicar um combate militar, mas também cibernético, financeiro e ideológico", disse.

Trump especificou a sua proposta ao referir a necessidade de um exército com 540.000 efetivos, uma força aérea com pelo menos 1.200 aviões de combate e 36 batalhões do corpo de marines, para além de uma marinha com 350 vasos de guerra e submarinos.

"Vou pedir ao Congresso para compensar totalmente o custo do aumento das despesas militares. Neste processo, tornaremos o governo mais responsável perante o público", argumentou.

"Estaremos defendidos, porque sem defesa não teremos um país", disse durante o discurso.

A maioria das sondagens coloca Hillary Clinton à frente das intenções de voto, apenas a nove semanas das eleições presidenciais de 8 de novembro.

Lusa

  • Trump diz querer trabalhar com a NATO no combate ao Daesh
    0:28

    Eleições EUA 2016

    Donald Trump voltou a contradizer-se e quer agora trabalhar com os parceiros da NATO no combate ao Daesh. O candidato republicano considerava que a organização estava obsoleta, ficando essa ideia agora de parte. No seu discurso em Ohio, Trump apelou também a uma proibição temporária de imigrantes muçulmanos no país, uma espécie de teste de triagem para apanhar as pessoas que queiram colocar em causa a segurança dos Estados Unidos.

  • "Obama é o fundador do Daesh"
    0:47

    Eleições EUA 2016

    Donald Trump acusou o presidente dos Estados Unidos da América de ser o fundador do Daesh. O candidato republicano diz que os terroristas honram Barack Obama. Trump acrescenta ainda que Hillary Clinton é a co-fundadora do Daesh.

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • George H. Bush nos cuidados intensivos e mulher também hospitalizada

    Mundo

    O antigo Presidente dos Estados Unidos da América e a sua mulher estão hospitalizados em Houston, no Texas. George H. W. Bush foi admitido no sábado, devido a um problema respiratório derivado de pneumonia, enquanto Barbara Bush entrou esta quarta-feira no hospital, por sintomas de fadiga e tosse.

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..