sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Trump acusa Fed de manter taxas de juro baixas por motivos políticos

O candidato presidencial republicano, Donald Trump, acusou esta segunda-feira a Reserva Federal (Fed), banco central dos Estados Unidos, de manter as taxas de juro baixas por motivos políticos para evitar problemas nos últimos meses de presidência de Barack Obama.

Em entrevista à cadeia de televisão CNBC, Trump afirmou que a presidente da Fed, Janet Yellen, "está a fazer o que o presidente Barack Obama quer que faça".

Segundo Trump, Yellen está a manter as taxas "artificialmente baixas" para permitir a Obama sair, no início de 2017, sem ter de enfrentar as consequências de uma eventual subida.

"É um problema grave e creio que é muito político. Creio que ela [Yellen] é muito política e em certa medida creio que deveria ter vergonha dado que as coisas não devem funcionar assim", acusou.

A Fed subiu as suas taxas de juro em dezembro de 2015, pela primeira vez em quase dez anos, e fixou-as entre 0,25% e 0,50%.

Desde então, as taxas mantiveram-se inalteradas, decisão que o banco central tem justificado com a necessidade de verificar a solidez da recuperação económica norte-americana.

A próxima reunião de política monetária da Fed terá lugar na próxima semana, nos dias 20 e 21, e o responsável da Fed de Atlanta, Dennis Lockhart, previu hoje que haverá um debate animado entre os que defendem uma nova subida das taxas de juro e os que preferem esperar.

Yellen foi nomeada por Obama em 2014 para liderar a Fed, substituindo Ben Bernanke, que cumpriu dois mandatos à frente do banco central norte-americano.

Lusa

  • Kikas faz história
    1:22
  • Madonna está outra vez em Lisboa 😲
    0:59
  • Nove fatores que aumentam o risco de demência

    Mundo

    Um em cada três casos de demência podia ter sido evitado sem recorrer a medicamentos. Um estudo publicado na revista científica The Lancet explica como é possível evitar a demência e quais os fatores que contribuem para a doença.

  • Hindus pedem a troca de nome da cerveja brasileira Brahma

    Mundo

    Um grupo de hindus pediu a mudança da marca de cerveja Brahma, propriedade da multinacional cervejeira Anheuser-Busch InBev, com sede em Lovaina, na Bélgica, argumentando que é inapropriado uma bebida alcoólica ter o nome que um deus hindu.

  • Manuais oferecidos aos alunos do 1.º ano não podem ser reutilizados
    2:42

    País

    As escolas querem que sejam devolvidos aos alunos os manuais do 1.ºo ano que foram dados gratuitamente pelo Estado para serem reutilizados nos próximos anos. A Associação de Diretores de Agrupamentos diz que os livros estão praticamente todos em bom estado, mas da forma como são feitos pelas editoras é impossível voltar a usá-los. As escolas querem que o Executivo chegue a um entendimento com as editoras para conceber manuais reutilizáveis.

  • Portugal com 3.ª maior dívida pública da UE

    Economia

    A dívida pública recuou, em termos homólogos, na zona euro e na União Europeia (UE), no primeiro trimestre, tendo Portugal registado a terceira maior dos 28 (130,5%), depois da Grécia e de Itália, divulga hoje o Eurostat.