sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Candidata democrata não escapa às "Hillaryantes" piadas de Jimmy Fallon

Candidata democrata não escapa às "Hillaryantes" piadas de Jimmy Fallon

Hillary Clinton está à frente na corrida presidencial nos Estados Unidos. A mais recente sondagem dá uma vantagem de 4% em relação ao republicano Donald Trump. Ontem, a candidata democrata esteve no programa de televisão "The Tonight Show" e não escapou às piadas de Jimmy Fallon sobre a pneumonia.

  • Jimmy Fallon cumpre sonho americano: despenteia Trump
    1:09

    Mundo

    Têm sido várias as aparições de Donald Trump em programas de televisão durante a campanha para as presidenciais, mesmo naqueles onde costuma ser alvo de piada. O republicano esteve no último programa de Jimmy Fallon. O apresentador norte-americano é conhecido por criticar o candidato republicano, desta vez teve oportunidade de brincar com uma das características mais distintivas do milionário: o cabelo.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.