sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Obama aconselha Hillary a ser ela mesma no primeiro debate

O Presidente dos Estados Unidos, o democrata Barack Obama, aconselhou esta sexta-feira a candidata presidencial do Partido Democrata Hillary Clinton a ser "ela mesma" no primeiro debate televisivo com o rival republicano Donald Trump.

O primeiro dos três debates presidenciais previstos está agendado para a próxima segunda-feira (dia 26 de setembro) e será realizado na Universidade Hofstra em Long Island (Nova Iorque).

O debate entre os dois principais candidatos nas eleições presidenciais de 08 de novembro deverá bater recordes de audiências e irá ser analisado exaustivamente.

"Fiquei a conhecer Hillary, vi o seu trabalho e vi-a em momentos difíceis e em momentos fáceis", declarou o chefe de Estado norte-americano à estação ABC News a propósito da sua antiga secretária de Estado.

Os Estados Unidos, sublinhou Obama, nunca teve uma mulher na Presidência e Hillary Clinton "vai derrubar certas barreiras".

"Existe um nível de desconfiança e uma caricatura dela que não enquadra com a pessoa que conheço, uma pessoa que se preocupa profundamente com as crianças", disse.

"Ela é motivada por um profundo desejo de melhorar as coisas", insistiu Obama.

Quando questionado sobre qual seria o seu conselho para a candidata democrata, muito experiente ao nível de cargos políticos mas que suscita pouco entusiasmo junto do eleitorado, para o debate de segunda-feira, Barack Obama respondeu: "Seja ela mesma e que explique aquilo que a motiva".

A 46 dias das eleições presidenciais, a votação antecipada nos Estados Unidos já começou e cerca de 6.000 americanos já fizeram a sua escolha, segundo noticiou hoje a publicação norte-americana The Atlantic, que precisou que em algumas partes do estado do Wisconsin a votação antecipada começou na segunda-feira.

O título norte-americano referiu igualmente que vários milhões de eleitores já pediram os respetivos 'absentee ballots', os boletins de voto para eleitores que não podem comparecer pessoalmente nas assembleias de voto no dia das eleições.

Por exemplo, os eleitores dos estados do Minnesota e da Virgínia que já tenham o respetivo 'absentee ballot' poderão entregar o seu voto a partir de hoje.

Outros estados, nomeadamente alguns dos chamados "swing states" (estados que não têm uma tendência de voto definida e que são fortemente disputados e que podem decidir uma eleição) como Florida, Ohio, Iowa e Carolina do Norte, começaram a receber os pedidos para estes boletins de voto para eleitores ausentes.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.