sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Em Portugal Hillary Clinton seria eleita com 85% dos votos

Se os portugueses pudessem votar nas eleições presidenciais nos Estados Unidos, a candidata democrata Hillary Clinton venceria de forma destacada com 85% dos votos, contra os 5% registados pelo rival republicano Donald Trump, indica um estudo divulgado esta quinta-feira.

Estes dados figuram numa sondagem realizada pela Win Gallup International (rede internacional da qual a empresa portuguesa Marktest é associada) em 45 países, incluindo em Portugal e nos Estados Unidos.

"Imagine que poderia votar nas eleições para a escolha do Presidente Americano, em quem votaria?" foi uma das várias questões colocadas aos inquiridos.

"Portugal foi o país que deu maior vantagem a Hillary Clinton sobre Donald Trump, no conjunto dos 45 países inquiridos. Na sondagem conduzida pela Marktest, 85% dos portugueses votariam Clinton, 5% Trump e 10% não sabem ou não responde à questão", referiu a empresa portuguesa de market research e medição de audiências de media.

Em termos globais, 59% dos inquiridos votariam em Hillary Clinton para ser a nova hóspede da Casa Branca, 25% em Donald Trump, enquanto 16% não sabe ou não responde à questão.

A ex-secretária de Estado norte-americana venceria destacadamente na generalidade dos países envolvidos no estudo. A exceção seria a Palestina e a Rússia, onde Donald Trump sairia vencedor, com 40% e 33% de intenções de voto, respetivamente.

Nos Estados Unidos, os cidadãos que serão efetivamente chamados às urnas são os que se mostram mais indecisos.

"Embora Hillary Clinton tenha vantagem sobre Donald Trump, a diferença entre ambos é a mais pequena no conjunto dos países onde esta sondagem foi realizada. Nos Estados Unidos, 48% votaria Clinton, 41% Trump e 11% não sabe ou não responde", indicou a Marktest.

Quando questionados qual é o impacto da escolha do Presidente norte-americano nos respetivos países, 20% dos portugueses respondeu que o impacto é muito elevado e 60% elevado. Cerca de 15% respondeu que o impacto é reduzido, e apenas 1% afirmou que não há impacto.

Na análise do peso da influência americana nos interesses económicos mundiais, 30% dos portugueses consideraram que os interesses económicos americanos devem ser prioritários para o próximo Presidente americano e 61% afirmaram que a prioridade deve ser dada de igual forma aos interesses da população do mundo e dos americanos.

Este estudo foi realizado entre agosto e setembro, junto de uma amostra de 44.194 entrevistados, residentes em 45 países de todas as regiões do mundo.

Em Portugal, a Marktest foi a responsável pela recolha de informação, que consistiu num estudo 'online' junto de uma amostra de 516 indivíduos com 18 e mais anos.

As eleições presidenciais nos Estados Unidos estão marcadas para 8 de novembro.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28