sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Em Portugal Hillary Clinton seria eleita com 85% dos votos

Se os portugueses pudessem votar nas eleições presidenciais nos Estados Unidos, a candidata democrata Hillary Clinton venceria de forma destacada com 85% dos votos, contra os 5% registados pelo rival republicano Donald Trump, indica um estudo divulgado esta quinta-feira.

Estes dados figuram numa sondagem realizada pela Win Gallup International (rede internacional da qual a empresa portuguesa Marktest é associada) em 45 países, incluindo em Portugal e nos Estados Unidos.

"Imagine que poderia votar nas eleições para a escolha do Presidente Americano, em quem votaria?" foi uma das várias questões colocadas aos inquiridos.

"Portugal foi o país que deu maior vantagem a Hillary Clinton sobre Donald Trump, no conjunto dos 45 países inquiridos. Na sondagem conduzida pela Marktest, 85% dos portugueses votariam Clinton, 5% Trump e 10% não sabem ou não responde à questão", referiu a empresa portuguesa de market research e medição de audiências de media.

Em termos globais, 59% dos inquiridos votariam em Hillary Clinton para ser a nova hóspede da Casa Branca, 25% em Donald Trump, enquanto 16% não sabe ou não responde à questão.

A ex-secretária de Estado norte-americana venceria destacadamente na generalidade dos países envolvidos no estudo. A exceção seria a Palestina e a Rússia, onde Donald Trump sairia vencedor, com 40% e 33% de intenções de voto, respetivamente.

Nos Estados Unidos, os cidadãos que serão efetivamente chamados às urnas são os que se mostram mais indecisos.

"Embora Hillary Clinton tenha vantagem sobre Donald Trump, a diferença entre ambos é a mais pequena no conjunto dos países onde esta sondagem foi realizada. Nos Estados Unidos, 48% votaria Clinton, 41% Trump e 11% não sabe ou não responde", indicou a Marktest.

Quando questionados qual é o impacto da escolha do Presidente norte-americano nos respetivos países, 20% dos portugueses respondeu que o impacto é muito elevado e 60% elevado. Cerca de 15% respondeu que o impacto é reduzido, e apenas 1% afirmou que não há impacto.

Na análise do peso da influência americana nos interesses económicos mundiais, 30% dos portugueses consideraram que os interesses económicos americanos devem ser prioritários para o próximo Presidente americano e 61% afirmaram que a prioridade deve ser dada de igual forma aos interesses da população do mundo e dos americanos.

Este estudo foi realizado entre agosto e setembro, junto de uma amostra de 44.194 entrevistados, residentes em 45 países de todas as regiões do mundo.

Em Portugal, a Marktest foi a responsável pela recolha de informação, que consistiu num estudo 'online' junto de uma amostra de 516 indivíduos com 18 e mais anos.

As eleições presidenciais nos Estados Unidos estão marcadas para 8 de novembro.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
    Contas Poupança

    Contas Poupança

    4ª FEIRA JORNAL DA NOITE

    Chamar o médico a casa é um procedimento habitual para muitas famílias, mas chamar um enfermeiro a casa é menos comum. Uma portuguesa criou um sistema inovador no mundo em que pode chamar um enfermeiro a casa através da internet ou de uma aplicação para telemóvel com os mesmos preços em todo o país e sem mensalidades. Só paga o serviço que utilizar. O Contas Poupança foi conhecer os preços e comparar para ver se compensa.

  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.