sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Fidel Castro considera que Donald Trump se "desqualificou" no debate com Clinton

O ex-Presidente cubano, Fidel Castro, referiu-se este domingo às eleições presidenciais nos Estados Unidos propondo a atribuição de uma "medalha de barro" a Donald Trump, que considerou "desqualificado" após o debate com a democrata Hillary Clinton há duas semanas.

"Não esqueçamos que este domingo haverá debate entre candidatos. Na primeira ocasião, há duas semanas, realizou-se um que provocou comoção", comenta Fidel Castro num artigo publicado hoje nos media estatais cubanos.

"O senhor Trump, que se supunha ser um especialista capacitado ficou desqualificado, tanto ele como Barack [Obama] com a sua política. Há que atribuir-lhes agora uma medalha de barro", escreve Fidel no seu artigo, a que deu o título: "Um destino incerto para a espécie humana".

Fidel Castro afirma que os Estados Unidos, "o país imperialista mais poderoso que alguma vez existiu", "engana-se a si próprio" ao assumir como doutrina um parágrafo da Declaração Universal dos Direitos Humanos: "Todos os homens nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade".

Fidel Castro, que tem agora 90 anos de idade e se retirou do poder em 2006, tem-se dedicado a escrever artigos em que aborda assuntos políticos, a sua especialidade, mas também outros relacionados com as suas leituras e pensamentos sobre temas científicos.

Lusa

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.