sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Líder republicano no Congresso garante que não irá defender Trump

O presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, o republicano Paul Ryan, disse esta segunda-feira que pretende distanciar-se de Donald Trump, afirmando que "não irá defender ou fazer campanha" com o candidato presidencial.

"Ele afirmou que não irá defender Trump ou fazer campanha com ele nos próximos 30 dias", avançou uma fonte do Partido Republicano, citada pela agência noticiosa francesa AFP.

Apesar destas declarações, durante uma teleconferência com legisladores americanos, Paul Ryan -- que já condenou os recentes comentários sexistas de Trump - esclareceu, na mesma ocasião, que não retira o seu apoio ao candidato presidencial.

De acordo com a mesma fonte, o líder da Câmara dos Representantes (câmara baixa do Congresso norte-americano, de maioria republicana) disse que irá usar toda a sua energia para garantir que a candidata presidencial democrata Hillary Clinton "não consiga um cheque em branco com um Congresso controlado pelos democratas".

No mesmo dia das eleições presidenciais americanas, a 08 de novembro, também estão agendadas eleições para cargos no Congresso norte-americano.

Lusa

  • Nascentes do Douro e Tejo estão praticamente secas
    2:55
  • "Para ele, um 'não' não foi suficiente"
    3:39
  • "Diálogos" de Catarina Neves duplamente premiado no festival Muvi
    2:12
  • Isabel II e Filipe de Edimburgo celebram 70 anos de casamento
    0:44

    Mundo

    A rainha Isabel II de Inglaterra e Filipe de Edimburgo celebram hoje 70 anos de casamento. Em dia de comemoração, o Palácio de Buckingham divulgou novas fotografias do casal cuja união é a mais duradora dentro das casas reais. Isabel casou com 21 anos. Seis anos depois foi coroada rainha por ocasião da morte do pai. A rainha e o marido têm quatro filhos, entre eles o herdeiro ao trono, Carlos, oito netos e cinco bisnetos.

  • Um negócio familiar destruído pelas chamas
    8:36