sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eric Trump defende o pai: "gabar-se de agressões sexuais é conversa de personalidades alfa"

John Locher

Um dos cinco filhos de Donald Trump veio em defesa do pai. Isto, depois da divulgação da conversa com o apresentador Billy Bush em 2005, onde o candidato à presidência usou uma linguagem imprópria para falar sobre as mulheres. Eric Trump defendeu com unhas e dentes a reputação do pai.

O filho de 32 anos apareceu no jornal norte-americano The Gazette para falar sobre negócios, mas acabou por defender Donald Trump das acusações em relação à conversa sobre agressão sexual.

Eric Trump disse que o vídeo divulgado era "meramente uma conversa de balneário". Não contente com esta explicação, o filho do candidato foi mais longe ao dizer que as conversas sobre agressões sexuais a mulheres acontecem quando se juntam "personalidades alfa no mesmo espaço".

"Eu acho que foi um género de conversa de balneário", disse o Trump mais novo. "Quando homens se juntam, eles deixam-se levar e às vezes é isso que acontece quando personalidades alfas estão no mesmo espaço. Ao mesmo tempo, não quero dizer que ele está certo. Ele não é esta pessoa."

Para além destas desculpas, Eric Trump ainda culpou Hillary Clinton pela divulgação do vídeo, em que Donald Trump diz que pode beijar e agarrar as mulheres contra a sua vontade, só porque é uma celebridade. Já os responsáveis pela campanha de Donald Trump têm desvalorizado o assunto, assegurando que esta é a maneira como os homens falam.

As reações às declarações de Trump têm sido as mais diversas. O ator Scott Baio pediu às mulheres para "crescerem", se os comentários as ofendiam. O próprio Donald Trump disse que foi apenas uma "conversa de balneário". O político Rudy Giuliani disse à CNN que "os homens por vezes falam assim".

Todos estes comentários em conjunto com a resposta de Eric Trump servem não só para minimizar a situação, como também para a normalizar e a desculpar. Contudo, esta linha de pensamento serve para insultar homens e rapazes - vários atletas profissionais fizeram saber ao The Huffington Post que estavam contra as declarações de Trump e que aquilo "não era de todo conversa de balneário".

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Catarina Martins diz que é preciso ouvir os dois secretários de Estado sobre offshores
    1:27

    Economia

    O Bloco de Esquerda diz que participa com empenho em todas as comissões de inquérito, mas insiste que não faz sentido suspender o trabalho da comissão em curso sobre a Caixa Geral de Depósitos. Catarina Martins esteve esta manhã em Estremoz, onde comentou também o caso das transferências para offshores. A coordenadora do Bloco diz que é preciso ouvir os dois Secretários de Estado dos assuntos fiscais para perceber o que se passou.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.