sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Duas mulheres denunciam abusos de Trump, ele nega acusações

Saul Loeb

Duas mulheres disseram na quarta-feira ao jornal The New York Times que foram vítimas de abusos do candidato à Presidência dos Estados Unidos Donald Trump, que já negou as acusações.

As denúncias relatam um caso ocorrido há mais de três décadas, num avião, e outro em 2005, num elevador.

Jessica Leeds, hoje com 74 anos, disse ao jornal norte-americano que Donald Trump viajou com ela num avião, em primeira classe, e que a apalpou, poucos minutos após a descolagem e sem que se conhecessem.

"Era um polvo", disse, sublinhando que "foi uma agressão" e que quando o empresário lhe tocou se levantou e mudou de lugar no avião para se afastar do candidato à Casa Branca nas eleições de novembro.

O segundo relato é de Rachel Crooks, que conta que em 2005 se apresentou ao empresário quando os dois entraram no mesmo elevador da Torre Trump, em Nova Iorque, dado que a empresa em que trabalhava tinha negócios com o milionário.

Rachel Crooks diz que a resposta de Trump foi beijá-la na boca, naquilo que considera ter sido uma violação.

Foi em 2005 que foi gravado o vídeo divulgado na semana passada em que Trump fala das mulheres em termos considerados vulgares e ofensivos, que originaram muitas críticas e levaram à retirada de apoios à sua candidatura por parte de destacados membros do Partido Republicano.

Segundo o The New York Times, Trump foi informado na terça-feira sobre estes relatos e negou que sejam verdadeiros.

Entretanto, e depois da publicação destes casos, também um porta-voz da campanha de Trump considerou "ficção" o artigo do The New York Times, a quem acusa de "lançar uma difamação coordenada e completamente falsa" contra o candidato à Casa Branca.

Para além destes dois casos, uma terceira mulher da Florida relatou na quarta-feira a um jornal local que Trump a apalpou em 2003, quando o milionário tinha a seu lado Melania Trump, com quem depois casou.

Lusa

  • Parabéns! Portugal faz hoje 839 anos

    País

    É dia de cantar os parabéns. Portugal celebra esta quarta-feira 839 anos, depois de a 23 de maio de 1179 o Papa Alexandre III ter emitido a bula "Manifestis Probatum" onde reconhece o território como reino independente.

    SIC

  • Cachalote-pigmeu morreu pouco tempo depois de dar à costa em Lisboa
    1:13
  • Presidente da República apoia reforma "quanto antes" do Tribunal de Contas
    1:13

    País

    O Presidente da República defendeu esta manhã uma reforma do Tribunal de Contas para que se adeque a lei que prevê o controlo das entidades públicas. Para Marcelo Rebelo de Sousa, se a lei der melhores meios de controlo e for de mais rápida aplicação, vai dissuadir casos de má gestão de dinheiros públicos que acabam por resultar em crimes.

  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.