sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Venezuela condena campanha que compara Chávez com Trump

© Jonathan Ernst / Reuters

O governo venezuelano condenou esta quarta-feira uma campanha política do Partido Democrata dos Estados Unidos (EUA), que apoia a candidatura de Hillary Clinton, por comparar o candidato adversário, Donald Trump, a Hugo Chávez.

"A República Bolivariana da Venezuela condena categoricamente o atroz e infame vídeo do Partido Democrata dos EUA contra a memória do [falecido] comandante Hugo Chávez", que presidiu a Venezuela entre 1999 e 2013, anunciou a ministra venezuelana de Relações Exteriores.

Segundo Delcy Rodríguez, a "campanha eleitoral dos EUA reflete a profunda crise ética, moral e política de um sistema degradado que vira as costas ao povo".

Por outro lado, através da rede social Twitter, a ministra explica que "comparar o candidato [Donald] Trump com o comandante [Hugo] Chávez é uma expressão da arrogância racista e irracionalidade de um partido que não atende os seus eleitores".

"O comandante Chávez é um líder que transcendeu a nossa época pelo seu espírito democrático, a sua militância pelos pobres e o seu sentido universal de humanidade. Exigimos respeito pela memória eterna do comandante Hugo Chávez, ao comando de campanha do Partido Democrata, por este inescusável e aberrante vídeo", refere.

O vídeo em questão, de aproximadamente dois minutos de duração, foi divulgado pelo jornal norte-americano ´El Nuevo Herald' e nele se observam extratos em que ambos os líderes ameaçam multar e encerrar meios de comunicação social críticos e chegam inclusive a ameaçar prender os opositores.

Por outro lado tem ainda declarações do ex-presidente do México, Vicente Fox, em que afirma que "o ADN de Trump é o de um ditador em potência", e o compara com Fidel Castro, Adolfo Hitler, Hugo Chávez e Benito Mussolini.

Lusa

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.