sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Trump anuncia nomeação de general James Mattis para a Defesa

Donald Trump e James Mattis encontraram-se em meados de novembro.

© Mike Segar / Reuters

O próximo Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou na quinta-feira que vai nomear o general na reserva James Mattis para dirigir o Departamento da Defesa.

"Vamos nomear 'Mad Dog' Mattis secretário da Defesa", anunciou Trump durante um comício em Cincinati, no estado do Ohio. "Mas só vamos anunciar na segunda-feira, não digam a ninguém", disse, em tom de brincadeira.

O anúncio público surge depois de a 20 de novembro a mesma informação ter sido avançada na conta oficial de Donald Trump na rede social Twiter.

"O general James 'Mad Dog' Mattis, que está a ser considerado para secretário da Defesa, foi muito impressionante ontem [sábado]. Um verdadeiro general dos generais!", lia-se no 'post' publicado então, um dia depois de Trump e Mattis se terem reunido.

Antigo general de infantaria da Marinha, Mattis foi chefe do Comando Central das Forças Armadas dos Estados Unidos da América entre 2010 e 2013, com responsabilidade sobre as tropas numa grande área que inclui o Médio Oriente.

Antes disso, entre outras funções, foi comandante das primeiras forças de infantaria da Marinha que invadiram o Afeganistão em 2001 e da primeira divisão da infantaria da Marinha durante a incursão no Iraque em 2003.

Mattis chocou com o Governo do Presidente norte-americano em funções, Barack Obama, relativamente a alguns assuntos sobre o Médio Oriente, nomeadamente sobre o Irão, um país que considerou a maior ameaça para os Estados Unidos naquela região.

Segundo a estação televisiva CNN, Mattis precisaria da autorização prévia do Congresso para poder ser nomeado secretário da Defesa, uma vez que as regras exigem que os militares reformados têm de ter estado inativos durante sete anos antes de assumirem este tipo de cargo.

No entanto, tendo em conta que os republicanos controlam aquele órgão, à partida esta autorização seria uma mera formalidade.

Lusa

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Há cada vez menos portugueses

    País

    A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados hoje divulgados pelo INE.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Estados Unidos vão reforçar as sanções à Coreia do Norte
    1:31

    Mundo

    Washington pretende também investir nos esforços diplomáticos para que Pyongyang ponha fim aos programas nucleares e de mísseis. A nova estratégia de Donald Trump foi anunciada quarta-feira à noite. A força aérea norte-americana testou esta quarta-feira um míssil de longo-alcance que percorreu 6800 quilómetros sobre o Pacífico a partir de uma base na Califórnia.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.