sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Trump anuncia nomeação de general James Mattis para a Defesa

Donald Trump e James Mattis encontraram-se em meados de novembro.

© Mike Segar / Reuters

O próximo Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou na quinta-feira que vai nomear o general na reserva James Mattis para dirigir o Departamento da Defesa.

"Vamos nomear 'Mad Dog' Mattis secretário da Defesa", anunciou Trump durante um comício em Cincinati, no estado do Ohio. "Mas só vamos anunciar na segunda-feira, não digam a ninguém", disse, em tom de brincadeira.

O anúncio público surge depois de a 20 de novembro a mesma informação ter sido avançada na conta oficial de Donald Trump na rede social Twiter.

"O general James 'Mad Dog' Mattis, que está a ser considerado para secretário da Defesa, foi muito impressionante ontem [sábado]. Um verdadeiro general dos generais!", lia-se no 'post' publicado então, um dia depois de Trump e Mattis se terem reunido.

Antigo general de infantaria da Marinha, Mattis foi chefe do Comando Central das Forças Armadas dos Estados Unidos da América entre 2010 e 2013, com responsabilidade sobre as tropas numa grande área que inclui o Médio Oriente.

Antes disso, entre outras funções, foi comandante das primeiras forças de infantaria da Marinha que invadiram o Afeganistão em 2001 e da primeira divisão da infantaria da Marinha durante a incursão no Iraque em 2003.

Mattis chocou com o Governo do Presidente norte-americano em funções, Barack Obama, relativamente a alguns assuntos sobre o Médio Oriente, nomeadamente sobre o Irão, um país que considerou a maior ameaça para os Estados Unidos naquela região.

Segundo a estação televisiva CNN, Mattis precisaria da autorização prévia do Congresso para poder ser nomeado secretário da Defesa, uma vez que as regras exigem que os militares reformados têm de ter estado inativos durante sete anos antes de assumirem este tipo de cargo.

No entanto, tendo em conta que os republicanos controlam aquele órgão, à partida esta autorização seria uma mera formalidade.

Lusa

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.