sicnot

Perfil

Eleições França 2017

Le Pen quer imposto sobre contratos de trabalho com estrangeiros

© Benoit Tessier / Reuters

A candidata da extrema-direita às presidenciais francesas, Marine Le Pen, defendeu a criação de um imposto para os contratos de trabalho com estrangeiros, numa entrevista publicada esta quinta-feira pelo jornal Le Monde.

A receita gerada por esse imposto pode ser utilizada para indemnizar os desempregados, explicou a líder do partido de extrema-direita Frente Nacional.

A proposta insere-se no que Le Pen designa como "prioridade nacional" e quer aplicar se for eleita nas presidenciais de abril e maio.

No mesmo sentido, Le Pen disse ao diário que pretende taxar as importações de bens e serviços com uma "contribuição social" de 3%, imposto com o qual prevê recolher "no mínimo 15.000 milhões de euros" e que, assegurou, não terá impacto significativo no poder de aquisição dos consumidores.

"A base de tudo isto é o patriotismo, ou seja, cada medida e cada euro gasto têm como vocação defender o interesse dos franceses", disse a candidata, que as sondagens dão como certa na segunda volta.

Le Pen defendeu "um protecionismo inteligente", de "luta contra as deslocalizações selvagens", e congratulou-se com a declaração do novo Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no discurso de tomada de posse, da "morte do ultraliberalismo".

"Trump foi eleito por promessas que está a aplicar. Esse respeito pelos eleitores devia ser um modelo para todos os políticos", disse a líder da extrema-direita, frisando contudo não ter como referência nem estar "fascinada" pelos Estados Unidos, como não o está pela Alemanha ou pela Rússia.

Sobre o seu programa eleitoral, que vai apresentar este fim de semana em Lyon (sudeste), Le Pen repetiu que quer tirar França da União Europeia (UE).

"Irei imediatamente a Bruxelas para negociar o regresso das quatro soberanias: monetária, legislativa, orçamental e territorial.

E seis meses depois das eleições, organizarei um referendo sobre a saída da UE", disse.

A candidata manifestou-se convicta de que essa sua medida vai desencadear "um movimento" a que se vão juntar vários países para "obter a anulação de regras e tratados que prejudicam a sua segurança ou a sua economia".

Investigada por alegado uso indevido de 340.000 euros dos fundos que recebeu como eurodeputada, Le Pen assegurou que não se retira da corrida presidencial se vier a ser formalmente acusada."Um juiz decidir quem é e quem não é candidato é o fim da democracia", disse.

Lusa

Lusa

  • Trump convida Putin a visitar EUA

    Mundo

    O Presidente dos EUA, Donald Trump convidou o homólogo russo a visitar a Casa Branca e Vladimir Putin ter-se-á mostrado disponível a visitar o país em breve, segundo a agência de notícia russa RIA Novosti que cita o chefe da diplomacia de Moscovo.

  • Fim de semana com chuva e descida da temperatura

    País

    A chuva regressa hoje a Portugal continental e permanece pelo menos até ao início da semana, prevendo-se ainda uma descida da temperatura máxima entre 04 a 06 graus Celsius, disse à Lusa a meteorologista Cristina Simões.

  • Hoje é notícia 

    País

    O PSD leva a debate parlamentar a reprogramação do atual quadro comunitário, desafiando os partidos a pronunciarem-se sobre a proposta inicial do Governo, que considera "não servir o país". Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se na Concertação Social para discutirem o Programa Nacional de Reformas. O Sporting de Braga procura alcançar o Sporting no 3º lugar da I Liga, ao defrontar o Marítimo na abertura da 31.ª jornada.

  • 45 anos de Partido Socialista
    3:31

    País

    O PS completou 45 anos esta quinta-feira. Acaso ou não, a festa aconteceu um dia depois de terem ficado concluídos dois acordos com o PSD que fazem renascer o debate sobre o posicionamento ideológico do partido socialista.

  • Senado aprova à tangente novo diretor da NASA

    Mundo

    O Senado norte-americano aprovou na quinta-feira, à tangente, a nomeação do novo diretor da agência espacial norte-americana, com 50 votos favoráveis contra 49, colocando à frente da NASA um cético das alterações climáticas, adiantou a Efe.

  • Trocar a economia pela dança
    7:21
  • Salas de consumo assistido previstas na lei há 17 anos
    3:01

    País

    Dezassete anos depois, Lisboa vai ter as primeiras salas de consumo assistido, vulgarmente conhecidas como salas de chuto. O objetivo é apoiar os mais de 1400 toxicodependentes sinalizados e evitar a propagação de doenças.

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16
  • "Por vezes até as princesas da Disney ficam apavoradas"

    Mundo

    A atriz norte-americana Patti Murin foi esta semana elogiada nas redes sociais por se preocupar com a sua saúde mental e não ter problemas em falar sobre o assunto. A artista faltou a um espetáculo da Disney, onde ia atuar, devido a um ataque de ansiedade.

    SIC