sicnot

Perfil

Eleições França 2017

Principais pontos do programa económico de Macron

POOL New

O programa económico de Emmanuel Macron visa reduzir o peso do Estado na economia e liberalizar a atividade das empresas. O programa, segundo analistas da consultora de previsões económicas Oxford Economics, "tem potencial para aumentar a dinâmica económica a curto e a longo prazo e para aumentar a competitividade das exportações francesas".

Segue-se uma lista com alguns dos pontos-chave do programa de Macron para as empresas, elaborada pela agência France-Presse.

- Horário de trabalho: Macron pretende manter o horário legalmente fixado, de 35 horas semanais, mas dar margem aos patrões e aos sindicatos para negociarem adaptações.

- Desemprego: Elevado em França, com uma taxa oficial de 9,7%, Macron pretende combatê-lo com um reforço da formação e aprendizagem, prometendo por exemplo "formar um milhão de jovens e um milhão de pessoas à procura de emprego pouco ou não qualificadas e atualmente sem perspetivas".

- Empresas: O futuro Presidente prometeu reduzir encargos com os salários mais baixos, substituir certas ajudas públicas às empresas por outras reduções de encargos e baixar os impostos aplicados às empresas de 33,3% para 25%, a média europeia, para que as empresas utilizem esses fundos em investimentos e contratações.

- Despesa pública: Macron prevê reduzir 120.000 postos de trabalho na função pública e cortar 60 mil milhões de euros (55% do PIB) de despesa pública em cinco anos.A despesa pública corresponde a mais de metade do PIB de França -- 57% em 2015, segundo a OCDE -, um nível comparável ao da Finlândia, mas superior ao dos Estados Unidos (37,7%), Reino Unido (42,8%) ou Alemanha (44%).

- Investimento público: Macron promete investir 50 mil milhões, financiados através de endividamento, na transição ecológica, formação, agricultura e transportes, entre outros.O recurso ao endividamento público, defende, permite aproveitar "taxas de juro que se mantêm historicamente baixas", com as quais "o Estado pode pedir emprestado a uma taxa sensivelmente inferior à taxa de crescimento económico", evitando "o círculo vicioso do endividamento".

- Finanças públicas: O Presidente eleito afirma poder reduzir o défice público para 1% do PIB em 2022 (em 2016 foi 3,4% do PIB) e a dívida pública para 93,3% (em 2016 foi 96%).

Lusa

  • Bernardo Silva no Manchester City

    Desporto

    O internacional português Bernardo Silva é o mais recente reforço do Manchester City, equipa inglesa treinada por Pep Guardiola, num contrato válido por cinco temporadas.

  • Sérgio Conceição no radar do FC Porto

    Desporto

    O treinador português e os seus representantes têm marcada para esta sexta-feira uma reunião decisiva com o FC Porto. Sérgio Conceição poderá ser o sucessor de Nuno Espírito Santo no comando técnico dos dragões.

  • Madonna despede-se: "Glorioso! Lisboa, diverti-me imenso!

    Cultura

    "Glorioso! Lisboa, diverti-me imenso! Mal posso esperar para voltar um dia e descobrir todos os teus segredos." Foi com estas palavras que Madonna se terá despedido esta sexta-feira de Portugal. Juntamente com a mensagem, a cantora publicou ainda uma fotografia no Estádio do Benfica.

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • EUA testam sistema de defesa antimíssil

    Mundo

    Os Estados Unidos realizam na próxima semana um teste ao seu sistema de defesa antimíssil que, pela primeira vez, terá em consideração uma eventual ameaça de um míssil balístico intercontinental, ação que terá em mente as recentes ameaças norte-coreanas.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00

    Pequenas grandes histórias

    Aconteceu na Rússia, na estação de televisão Mir24 TV. A pivô, Ilona Linarte, viveu um momento insólito, no estúdio, quando apresentava o jornal. Um cão de raça labrador preto apareceu atrás dela aos saltos. A pivô foi apanhada de surpresa e reagiu com humor.