sicnot

Perfil

Eleições França 2017

Seis candidatos de origem portuguesa na corrida à 2ª volta das legislativas em França

O partido A República em Marcha! venceu a primeira volta das eleições legislativas de domingo em França, com 32,32% dos votos, segundo resultados definitivos hoje divulgados.

CHRISTOPHE PETIT TESSON/ EPA

A segunda volta das eleições legislativas de 18 de junho, em França, vai contar com seis candidatos de origem portuguesa confirmados pela agência Lusa.

Com a etiqueta "Em Marcha!', do Presidente Emmanuel Macron, foram apurados Dominique da Silva, na 7.ª circunscrição do Val d´Oise, Ludovic Mendes, na 2ª circunscrição de Moselle, Otília Ferreira, na primeira circunscrição de Charente-Maritime, e Paulo da Silva Moreira, na primeira circunscrição de Yonne, no distrito da Borgonha.


Perante a derrota histórica dos socialistas, há uma lusodescendente que se mantém na corrida eleitoral, a deputada cessante Christine Pires Beaune que se recandidata a um cargo de deputada pela segunda circunscrição de Puy-du-Dôme.


Na terceira circunscrição de Essonne, nos arredores de Paris, os eleitores vão ser confrontados com dois apelidos portugueses nos cartazes da segunda volta, com uma lusodescendente, Virginie Araújo, representante de a França Insubmissa, e uma francesa casada com um português, Laëtitia Romeiro Dias, candidata de A República em Marcha.


A estimativa inicial da associação de eleitos de origem portuguesa Cívica era de dez candidatos na segunda volta, mas quatro dos candidatos apontados não se confirmaram como sendo lusodescendentes, nomeadamente Richard Ramos na sexta circunscrição de Loiret, Diana André na primeira circunscrição de Meuse, Sophie Cruz na décima circunscrição de Rhône e Laëtitia Romeiro Dias na terceira circunscrição de Essonne que é francesa mas tem o apelido do marido português.


O presidente da associação Cívica, Paulo Marques, indicou à Lusa que "na segunda volta em 2012 havia apenas cinco candidatos de origem portuguesa e em 2007 só havia dois".


"É visível o desenvolvimento da participação cívica e política dos portugueses residentes em França. Hoje, a cidadania francesa por parte dos descendentes dos portugueses é visível, há uma real participação. O papel da Cívica é fazer com que permaneça uma ligação com Portugal", acrescentou Paulo Marques.


O também vereador em Aulnay-sous-Bois, nos arredores de Paris, disse que vai enviar, hoje, um convite aos candidatos de origem portuguesa para integrarem a associação e "um dos objetivos é levar os futuros deputados a Portugal numa viagem de estudo e serem recebidos pelo Presidente da República em outubro".


O partido A República em Marcha! venceu a primeira volta das eleições legislativas de domingo em França, com 32,32% dos votos, segundo resultados definitivos hoje divulgados.


A seguir ao partido do Presidente francês Emmanuel Macron surgem Os Republicanos (direita), com 21,56% dos votos, e a Frente Nacional (extrema-direita), com 13,20%.

Lusa

  • "A Minha Outra Pátria": o drama da Venezuela no Jornal da Noite
    2:12

    Reportagem Especial

    Quase cinco mil emigrantes regressaram à Madeira nos últimos meses por causa da crise económica, social e política na Venezuela. Os pedidos de ajuda ao Governo Regional dispararam. Muitos luso-venezuelanos voltaram às origens com pouco mais do que a roupa do corpo. "A Minha Outra Pátria" é a Reportagem Especial de hoje.

  • Fogo na Sertã alastrou aos concelhos de Mação e Proença-a-Nova
    2:37

    País

    Mais de 700 bombeiros combatem o incêndio que começou este domingo na Sertã e, durante a noite foi empurrado pelo vento para outros dois concelhos. As chamas atingiram as zonas de Mação e de Proença-a-Nova, onde os habitantes dizem que há várias casas destruídas pelo fogo. Esta manhã, chegaram dois aviões espanhóis para ajudar a controlar as chamas.

  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24
  • Governo reconhece seca severa no continente desde 30 de junho

    País

    O Governo reconheceu, hoje, a existência de uma situação de seca severa no território continental, desde 30 de junho, que consubstancia um fenómeno climático adverso, com repercussões negativas na atividade agrícola, em despacho publicado hoje em Diário da República.

  • Pelo menos cinco feridos em ataque na cidade suíça de Schaffhausen

    Mundo

    Pelo menos cinco pessoas ficaram hoje feridas na sequência de um ataque, na cidade suíça de Schaffhausen. De acordo com as autoridades, as vítimas foram atacadas por um homem armado com uma motosserra, que está a ser procurado pela polícia. As autoridades descartaram a hipótese de "ato terrorista".

  • Oposição pressiona Maduro com anúncio de manifestações e greve geral
    1:34
  • Margem mínima de mil votos obriga a negociações intensas em Timor-Leste

    Mundo

    A Fretilin venceu sem maioria absoluta as lesgislativas para o VII Governo constitucional de Timor-Leste. De acordo com os dados oficiais, o partido de Mari Alkatiri obteve perto de 170 mil votos e conquistou 23 deputados. Já o partido de Xanana Gusmão que tinha vencido há cinco anos, ficou em segundo com 167 mil votos e 22 lugares no parlamento, num total de 65.