sicnot

Perfil

Escândalo Renault

Escândalo Renault

Escândalo Renault

Inspetores de combate à fraude fazem buscas na Renault

Inspetores franceses da área de combate à fraude realizaram buscas em instalações da fabricante de automóveis Renault. De acordo com uma fonte ligada a associação sindical, citada pela agência Reuters, estas investigações podem ter sido motivadas por suspeita de ligações ao escândalo das emissões de gases poluentes.

© Christian Hartmann / Reuters

"Houve buscas de investigadores a vários gabinetes da Renault na semana passada", revelou uma fonte sindical esta quarta-feira, especulando sobre eventuais ligações ao caso de emissões, indicou a agência Reuters.

"A administração não confirmou, mas tendo e conta os setores que foram alvo de investigação, pensamos que poderá haver uma ligação ao caso das emissões de poluentes", adiantou a mesma fonte.

A 18 de setembro foram conhecidos publicamente os resultados de testes a emissões poluentes de viaturas equipadas com motores diesel do grupo Volkswagen, concluindo-se pela existência de viaturas equipadas com um dispositivo que permite a manipulação de informação relativa a emissões poluentes, tendo o grupo alemão admitido a existência em todo o mundo de 11 milhões de carros nestas circunstâncias.

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.