sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Marca espanhola Seat admite que instalou motores fraudulentos da Volkswagen

A Seat, marca espanhola que pertence ao grupo alemão Volkswagen, admitiu hoje que montou em modelos motores diesel do mesmo tipo dos que permitiam manipular emissões de gases poluentes.

© Yuya Shino / Reuters

A Volkswagen, a maior construtora automóvel do mundo, está no centro de um escândalo, depois de nos últimos dias ter reconhecido que, através de um software, manipulou por vários anos dados sobre as emissões de gases poluentes em 11 milhões de veículos em todo o mundo.

No que diz respeito aos veículos montados em Espanha, a Seat diz que está ainda a fazer a contagem dos motores diesel EA 189 e diz que ainda "é muito cedo para saber a extensão do uso deste motor "em automóveis da marca.

Fontes da companhia disseram à Agência Efe, no entanto, que esta gama de motores foi amplamente utilizada pela fabricante espanhola em várias configurações de energia.

A atual gama de modelos Seat já não utiliza estes motores, porque incorporou a nova geração 2.0 TDI adaptada à normativa Euro 6.

Entretanto, o presidente da Seat, Jurgen Stackmann, garantiu hoje que "não há risco" de este caso afetar os investimentos do grupo Volkswagen em Espanha, nomeadamente os 3,3 mil milhões de euros planeados para uma fábrica em Barcelona.

Em Portugal, a Autoeuropa - fábrica pertencente ao grupo Volkswagen - não se pronunciou diretamente sobre o assunto, enquanto o ministro da Economia, António Pires de Lima, afirmou hoje que os automóveis Volkswagen produzidos naquela fábrica "não tiveram incorporação" do 'kit' que falseou o desempenho dos motores relativamente às emissões poluentes. Disse ainda que não vê motivo para "gerar intranquilidade" relativamente a este projeto "muito importante para Portugal".

Lusa

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".