sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Volkswagen publica amanhã lista de veículos com dispositivo que falseia emissão de gases

O construtor alemão Volkswagen vai publicar na sexta-feira uma lista com os veículos afetados pela manipulação de gases poluentes em motores a diesel, afirmou hoje um porta-voz da empresa citado pela Efe.

© Dado Ruvic / Reuters

Até agora, a Volkswagen informou que 11 milhões de veículos com um motor 'EA 189' eram os afetados.

A empresa alemã, à qual pertencem outras marcas como Seat, Audi e Porsche, vai especificar na lista quais são os veículos afetados e onde foram vendidos.

A Seat reconheceu que os motores com problemas de emissões poluentes foram amplamente utilizados pela empresa em vários modelos, mas ainda não tem um dado dos motores 'EA 189' montados pela marca em Espanha.

O ministro dos Transportes alemão, Alexander Dobrindt, afirmou que a manipulação também afeta veículos na Europa.

Dobrindt sublinhou que a Volkswagen comunicou que na Europa também há veículos com motores a diesel de 1.6 e 2.0 litros.

O número de veículos afetados com exatidão ainda é desconhecido, segundo o ministro alemão.

Alguns modelos que incluem o motor 'EA 189' são, por exemplo, o 'Golf', 'Jetta', 'Passat' ou 'Beetle' da Volkswagen e o Audi A3.

Os modelos A1, o A4 e o A6 da Audi têm este motor instalado, afirmou um porta-voz do fabricante de veículos de luxo.

A Agência de Proteção do Meio Ambiente dos Estados Unidos acusou na sexta-feira passada a empresa de falsear o desempenho dos motores em termos de emissões de gases poluentes através de um 'software' incorporado no veículo, incorrendo numa multa que pode ir até aos 18 mil milhões de dólares (cerca de 15,9 mil milhões de euros).

No domingo, a Volkswagen reconheceu ter falseado os dados.

Na quarta-feira, o presidente executivo da Volkswagen, Martin Winterkorn, pediu a demissão.

Lusa

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.