sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Estados Unidos impedem venda de veículos diesel da Volkswagen no país

O grupo Volkswagen não recebeu luz verde das autoridades norte-americanas para vender os seus modelos 2016 de viaturas a diesel naquele país, indicou hoje a Agência Ambiental dos Estados Unidos (EPA).

© Jim Young / Reuters

"A Volkswagen não recebeu o certificado de conformidade da EPA (...) para os modelos de 2016 dos seus veículos diesel quatro cilindradas", declarou Christopher Grundler, um dos responsáveis da agência governamental que entrega as autorizações de comercialização nos Estados Unidos.

Os reguladores "não estão ainda convencidos que os dados e os elementos fornecidos pela Volkswagen estabelecem que os seus veículos respeitarão as normas exigidas", disse o responsável, citado pela agência France Presse.

Já hoje, os Estados Unidos anunciaram que vão reforçar a fiscalização dos carros a gasóleo após o grupo Volkswagen ter utilizado dispositivos para falsear os testes de emissões de gases poluentes.

A empresa alemã Volkswagen enganou as autoridades norte-americanas, colocando no mercado milhões de carros equipados com um 'software' que, ao detetar testes antipoluição, distorciam os resultados.

A agência ambiental EPA anunciou hoje que vai realizar testes em veículos a diesel "já em circulação nos Estados Unidos" para detetar presença de dispositivos de 'software' em outras marcas de automóveis.

Christopher Grundler recusou-se a dar mais detalhes sobre os novos procedimentos para que os fabricantes não sejam capazes de se adaptar com antecedência.

lUSA

  • A história de João Ricardo
    10:37
  • Cuidados a ter na Black Friday
    1:43

    Economia

    A Black Friday arranca oficialmente em Portugal esta sexta-feira com descontos que podem ir até aos 80%. A Deco avisa que nem todas são boas oportunidades e apela à atenção dos consumidores.

  • Parceiros sociais começam hoje debate sobre salário mínimo

    Economia

    Os parceiros sociais reúnem-se hoje com o ministro do Trabalho, Vieira da Silva, para iniciarem a discussão sobre a atualização do salário mínimo para o próximo ano, com as centrais sindicais e confederações patronais a assumirem posições divergentes.Em cima da mesa estarão as propostas das centrais sindicais, com a CGTP a exigir 600 euros a partir de janeiro de 2018 e a UGT a reivindicar 585 euros como ponto de partida para a negociação.

  • Os 72 golos de mais uma noite de Liga Europa

    Liga Europa

    Os 16 avos-de-final da Liga Europa começam a ganhar forma. São já 16 as equipas apuradas para a próxima fase da competição, entre elas o Sporting de Braga, que somou mais uma vitória. Em sentido inverso, o Vitória de Guimarães saiu derrotado de Salzburgo e ficou mais longe da qualificação. A 5.ª jornada da fase de grupos jogou-se esta quinta-feira e ao todo marcaram-se 72 golos. Estão todos aqui, para ver ou rever.

  • DGO divulga hoje execução orçamental até outubro

    Economia

    A Direção-Geral do Orçamento (DGO) divulga hoje a síntese da execução orçamental em contas públicas até outubro, sendo que, em contabilidade nacional, o Governo estima reduzir o défice para 1,4% do Produto Interno Bruto (PIB) este ano.

  • "No fim, logo se vê" se foram quatro anos de uma legislatura perdida
    1:28

    País

    Pedro Passos Coelho acusa o Governo de perder uma legislatura. O presidente do PSD diz que "no fim, logo se vê" se foram ou não quatro anos de oportunidade perdida para o país. No último Conselho Nacional antes das eleições diretas do partido, Passos acusou o Executivo de perder o rumo e apontou os casos do Infarmed e do aumento do preço da água como exemplos de desorientação.

  • Marcelo apoia novo Mecanismo Europeu de Proteção Civil
    0:44

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa considera o novo Mecanismo de Proteção Civil uma ideia muito boa, que tem todo o apoio do Governo e do Presidente da República. Marcelo apenas lamenta que o modelo não existisse durante os incêndios deste ano.

  • Pense bem antes de beijar um colega

    Mundo

    O tribunal da província espanhola de Huesca aceitou o pedido de indemnização de uma mulher que foi vítima de assédio sexual por parte de um colega de trabalho. A mulher terá pedido boleia ao colega que, dentro do carro, lhe passou a mão pelas pernas, mas não ficou por aí.

    SIC