sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Skoda tem 1,2 milhões de veículos equipados com dispositivo fraudulento

O construtor automóvel Skoda, que pertence ao grupo Volkswagen, anunciou hoje que 1,2 milhões dos seus veículos estão equipados com o dispositivo que permite manipular as emissões poluentes.

© David W Cerny / Reuters

"Posso confirmar que na marca Skoda estão envolvidos cerca de 1,2 milhões de veículos à escala mundial" fabricados no passado, disse à AFP o porta-voz do construtor checo, Jozef Balaz.

Há 10 dias, a Agência de Proteção do Meio Ambiente dos Estados Unidos acusou a Volkswagen de falsear o desempenho dos motores em termos de emissões de gases poluentes através de um 'software' incorporado no veículo.

Dois dias depois, a Volkswagen reconheceu ter falseado os dados e na terça-feira passada anunciou que 11 milhões de veículos do grupo em todo o mundo têm equipamento que permite alterar o desempenho dos motores em termos de emissões para a atmosfera, um escândalo que já levou à demissão presidente executivo do grupo, Martin Winterkorn, substituído por Matthias Mueller.

Em causa está o motor a diesel EA 189.

Com Lusa

  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50
  • Primeira casa reconstruída de raiz depois dos incêndios de Pedrógão já foi entregue
    1:49
  • Saiba que efeitos causam os diferentes tipos de bebidas alcoólicas

    Mundo

    As diferentes bebidas alcoólicas alteram e moldam o estado de espírito de formas distintas, concluiu um estudo científico sobre consumo de álcool e emoções. Segundo esta pesquisa, quem ingere bebidas espirituosas pode sentir-se irritado, sexy ou triste, enquanto quem opta pelo vinho tinto ou cerveja terá mais probabilidade de se sentir descontraído.