sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Quercus que a UE a investigar a todos os veículos colocados no mercado

A Quercus considerou hoje que a União Europeia deve avançar com uma investigação alargada sobre os novos veículos da Volkswagen colocados no mercado e apelou à rápida adoção de testes de emissão transparentes, na sequência do escândalo.

© Yves Herman / Reuters


A Volkswagen, a maior construtora automóvel do mundo, está no centro de um escândalo, depois de nos últimos dias ter reconhecido que, através de um software, manipulou por vários anos dados sobre as emissões de gases poluentes de veículos, com motores diesel das marcas Volkswagen, Audi, Skoda e Seat.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a associação ambientalista considera que a União Europeia (UE) deve iniciar uma investigação alargada sobre todos os novos veículos colocados no mercado, para identificar eventuais fraudes, exigir a retirada dos modelos fraudulentos e a compensação dos consumidores.

A Quercus sublinha que a "indústria automóvel deve concentrar-se na produção de veículos mais eficientes e com menores emissões poluentes na estrada, em vez de desenvolver mecanismos para contornar regras ambientais e enganar os consumidores, com prejuízo para o ambiente e para a saúde pública"

A associação refere que há um novo sistema de testes em discussão, a nível europeu, para atestar as emissões dos veículos a gasóleo em condições reais de condução, mas não será aplicável a todos os veículos antes de 2018.

No entender da Quercus, os fabricantes de automóveis "continuam a atrasar a introdução do novo teste de emissão e a adoção de novos limites de emissão para os veículos".

Os ambientalistas lembram também no comunicado que a situação não é nova, salientando que as associações de defesa do ambiente "têm alertado, nos últimos anos, as entidades competentes sobre a manipulação dos testes de emissão pelos fabricantes automóveis, quer nas emissões de CO2 (e consumo de combustível), quer de outros poluentes (como óxidos de azoto e partículas, com maior impacto na poluição das cidades)".

A Quercus adianta que na semana passada, a T&E - Federação Europeia para os Transportes e Ambiente, da qual a Quercus faz parte, tinha alertado que apenas um em cada dez novos veículos a gasóleo cumpre as normas de emissão EURO 6, em vigor desde 01 de setembro passado.

A Agência de Proteção do Meio Ambiente dos Estados Unidos acusou a 18 de setembro a Volkswagen de falsear o desempenho dos motores em termos de emissões de gases poluentes através de um 'software' incorporado no veículo, incorrendo numa multa que pode ir até aos 18 mil milhões de dólares (cerca de 15,9 mil milhões de euros).

Dois dias depois, a Volkswagen reconheceu ter falseado os dados.

Na semana seguinte, o presidente executivo da Volkswagen, Martin Winterkorn, pediu a demissão e, na sexta-feira passada a empresa anunciou a nomeação de Matthias Mueller, atual presidente da Porsche, como novo presidente executivo do grupo.

Entretanto, a Audi, a Skoda e Seat já admitiram ter veículos em todo o mundo equipados com o 'software'.

Entretanto, as autoridades suíças e espanholas anunciaram que proibiram temporariamente a venda de novos carros do grupo Volkswagen a gasóleo.

Em Portugal, o ministro da Economia, António Pires de Lima, afirmou na semana passada que os automóveis da Volkswagen produzidos na fábrica da Autoeuropa "não tiveram incorporação" do 'kit' que falseou o desempenho dos motores relativamente às emissões poluentes.

Lusa

  • Nomeados para os Óscares são anunciados hoje

    Óscares 2017

    As nomeações para a 89ª. edição dos Óscares, os prémios da Academia norte-americana de cinema, são conhecidos esta terça-feira e pela primeira vez o anúncio será feito apenas via Internet. Para ver também aqui em direto, na SIC Notícias, a partir das 13:00.

    Aqui às 13:00

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • "Todo o mundo no voo estava a orar em voz alta"
    4:00
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.