sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Volkswagen vai recolher 120.000 carros na Coreia do Sul devido a escândalo das emissões

O fabricante alemão Volkswagen prevê recolher 120.000 carros a diesel na Coreia do Sul, na sequência do escândalo da manipulação das emissões poluentes, anunciaram hoje as autoridades sul-coreanas.

© Kim Kyung Hoon / Reuters


A Volkswagen enviou uma carta ao Ministério do Ambiente sul-coreano informando-o das suas intenções, indicou o governo da Coreia do Sul.

"Ela prevê recolher 120.000 viaturas", informou o Ministério do Ambiente sul-coreano, em comunicado.

O Ministério do Ambiente anunciou também o início de testes em modelos vendidos na Coreia do Sul, incluindo o Golf, Audi A3, Jetta e Beetle. Inicialmente realizados em laboratório, os testes vão continuar na estrada a partir de domingo.

Procuradores alemães anunciaram na quarta-feira uma investigação criminal ao antigo presidente executivo do construtor automóvel, Martin Winterkorn, que se demitiu em consequência do escândalo, enquanto autoridades de outros países abriram investigações ao escândalo.

O governo alemão deu à empresa um prazo, até 07 de outubro, para explicar como tenciona resolver o escândalo, que já provocou uma descida do valor bolsista da Volkswagen em 29 mil milhões de euros (38%), em 10 dias.

O distribuidor para Portugal das marcas do Grupo Volkswagen, a SIVA, revelou na terça-feira que existem 94.400 veículos equipados com motores Euro 5 no país envolvidos no âmbito do escândalo relacionado com a manipulação das emissões de gases poluentes.

Lusa

  • Governo cria grupo de trabalho para acompanhar fraude da Volkswagen
    0:40

    Escândalo Volkswagen

    O ministro da Economia deu a conhecer que este grupo envolve os secretários de Estado do Investimento, Transportes e Ambiente. Pires de Lima, em conferência de imprensa, voltou a dizer que a Autoeuropa não produziu carros com o software em causa, que permite enganar as emissões de gases. Deixou ainda em aberto a possibilidade do governo penalizar as marcas, já que as informações em termos de poluição foram falseadas.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.