sicnot

Perfil

Escândalo Volkswagen

Pires de Lima admite que Estado pode vir a responsabilizar Volkswagen

Pires de Lima admite que Estado pode vir a responsabilizar Volkswagen

O ministro da Economia admite que o Estado português pode vir a responsabilizar o grupo Volkswagen pelo impacto ambiental das emissões e até por fraude fiscal. Pires de Lima garante que o Governo tudo fará para proteger os direitos dos clientes lesados pela fraude do grupo.

O grupo de trabalho criado pelo Governo na sequência do escândalo Volkswagen reuniu-se hoje pela primeira vez, um primeiro encontro marcado para analisar o problema e definir um plano de ação para Portugal.

A reunião juntou no Ministério da Economia vários membros do Governo, do Instituto de Mobilidade e dos Transportes, Agência do Ambiente, AICEP, Direção-Geral do Consumo e da Autoridade Tributária.

O grupo Volkswagen admitiu na semana passada que 11 milhões de carros, em todo o mundo, estejam equipados com um sistema fraudulento de controlo de emissão de gases. Calcula-se que em Portugal sejam cerca de 117 mil.

  • Filhos do ex-embaixador do Iraque acusados um ano e meio depois,
    2:51

    País

    O Ministério Público deduziu acusação contra Haider e Ridha, os filhos do antigo embaixador iraquiano em Portugal por tentativa de homicídio. Mas há dúvidas de que o julgamento se realize, uma vez que os agressores já não estão Portugal. Tudo aconteceu em agosto de 2016 em Ponte de Sor.

  • Investigação à tragédia de Pedrógão concluída
    1:10
  • Suspeito de esfaquear companheira aguarda julgamento em prisão preventiva
    1:13

    País

    O homem suspeito de ter esfaqueado a companheira num posto de combustível, em Bragança, fica a aguardar julgamento em prisão preventiva. A vítima sofreu 48 golpes por todo o corpo à frente de uma filha menor. A mulher, de 33 anos, foi levada às urgências em estado grave, mas está livre de perigo.

  • Alternativas para vender a sua casa
    8:58
  • Adolescentes salvos por drone na Austrália
    1:23