sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Standard & Poor's baixa notação financeira da Volkswagen

A agência de notação financeira Standard & Poor's (S&P) baixou esta segunda-feira o 'rating' da Volkswagen de A para A-, na sequência da construtora automóvel alemã ter manipulado os dados sobre as emissões poluentes nos seus veículos a diesel.

A Standard & Poor's coloca a construtora automóvel alemã na lista de observação com implicações negativas.

A Standard & Poor's coloca a construtora automóvel alemã na lista de observação com implicações negativas.

© Axel Schmidt / Reuters

A S&P adiantou que também reviu em baixa a notação financeira de crédito a curto prazo, de A-1 para A-2.

"Também baixámos a nossa notação a longo e curto prazo dos instrumentos de dívida da Volkswagen", acrescentou a agência de 'rating'.

A Standard & Poor's coloca a construtora automóvel alemã na lista de observação com implicações negativas, depois da empresa ter admitido, em setembro, que instalou um 'kit' fraudulento em automóveis a diesel para manipular as emissões poluentes.

A agência de 'rating' baixou também a notação da sua subsidiária Volkswagen Financial Services e da nórdica Volkswagen Finans Sverige AB, que estão em observação com implicações negativas.

Os analistas da S&P consideram que a manipulação das emissões da Volkswagen (VW) poderá ter um impacto negativo nas suas vendas e preços, o que poderá afetar o crescimento do negócio e a rentabilidade da subsidiária de serviços financeiros, que financia 26,5% das vendas de automóveis VW em todo o mundo e 34% na Europa.

A Agência de Proteção do Meio Ambiente dos Estados Unidos acusou, no passado dia 18 de setembro, a VW de falsear o desempenho dos motores em termos de emissões de gases poluentes através de um 'software' incorporado em veículos a diesel.

Dias depois, a Volkswagen reconheceu ter falseado os dados e anunciou que mais de 11 milhões de carros a gasóleo em todo o mundo têm equipamento que permite alterar o desempenho dos motores em termos de emissões para a atmosfera.

Lusa

  • Novas imagens dos momentos após Khalid Masood ter embatido no muro do Parlamento britânico
    1:35
  • Parlamento português pede demissão de Dijsselbloem

    País

    A Assembleia da República foi hoje unânime na condenação das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, mas recusou um ponto pela rejeição de diversos compromissos com a União Europeia (UE) exigida pelo PCP.

  • Comissão Europeia quer proibir o tabaco na praia

    País

    A Comissão Europeia quer proibir o tabaco em todos os espaços públicos, incluindo praias, parques infantis e equipamentos desportivos. A proposta foi apresentada pelo comissário da Saúde e Segurança Alimentar que, além de querer reduzir a dependência do tabaco, também sugere que todos os estados membros apliquem uma idade mínima para a venda de tabaco.

  • Como se resolve a falta de espaço numa cidade chinesa?
    1:07