sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Standard & Poor's baixa notação financeira da Volkswagen

A agência de notação financeira Standard & Poor's (S&P) baixou esta segunda-feira o 'rating' da Volkswagen de A para A-, na sequência da construtora automóvel alemã ter manipulado os dados sobre as emissões poluentes nos seus veículos a diesel.

A Standard & Poor's coloca a construtora automóvel alemã na lista de observação com implicações negativas.

A Standard & Poor's coloca a construtora automóvel alemã na lista de observação com implicações negativas.

© Axel Schmidt / Reuters

A S&P adiantou que também reviu em baixa a notação financeira de crédito a curto prazo, de A-1 para A-2.

"Também baixámos a nossa notação a longo e curto prazo dos instrumentos de dívida da Volkswagen", acrescentou a agência de 'rating'.

A Standard & Poor's coloca a construtora automóvel alemã na lista de observação com implicações negativas, depois da empresa ter admitido, em setembro, que instalou um 'kit' fraudulento em automóveis a diesel para manipular as emissões poluentes.

A agência de 'rating' baixou também a notação da sua subsidiária Volkswagen Financial Services e da nórdica Volkswagen Finans Sverige AB, que estão em observação com implicações negativas.

Os analistas da S&P consideram que a manipulação das emissões da Volkswagen (VW) poderá ter um impacto negativo nas suas vendas e preços, o que poderá afetar o crescimento do negócio e a rentabilidade da subsidiária de serviços financeiros, que financia 26,5% das vendas de automóveis VW em todo o mundo e 34% na Europa.

A Agência de Proteção do Meio Ambiente dos Estados Unidos acusou, no passado dia 18 de setembro, a VW de falsear o desempenho dos motores em termos de emissões de gases poluentes através de um 'software' incorporado em veículos a diesel.

Dias depois, a Volkswagen reconheceu ter falseado os dados e anunciou que mais de 11 milhões de carros a gasóleo em todo o mundo têm equipamento que permite alterar o desempenho dos motores em termos de emissões para a atmosfera.

Lusa

  • Cachalote-pigmeu morreu pouco tempo depois de dar à costa em Lisboa
    1:13
  • Presidente da República apoia reforma "quanto antes" do Tribunal de Contas
    1:13

    País

    O Presidente da República defendeu esta manhã uma reforma do Tribunal de Contas para que se adeque a lei que prevê o controlo das entidades públicas. Para Marcelo Rebelo de Sousa, se a lei der melhores meios de controlo e for de mais rápida aplicação, vai dissuadir casos de má gestão de dinheiros públicos que acabam por resultar em crimes.

  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.