sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Volkswagen descarta manipulação na versão anterior dos motores a gasóleo EA288

O grupo Volkswagen rejeitou hoje que as versões de motores a gasóleo mais modernas EA288, ainda fabricados sobre a norma de emissões Euro 5, tenham sido objeto de manipulações.

Brennan Linsley

Esta informação surgiu depois de ter sido noticiado que o construtor automóvel alemão estava a rever estes motores por suspeitar que também poderiam ter sido manipulados para distorcer os resultados dos testes de emissões poluentes.

Um porta-voz do construtor automóvel alemão, citado pela Efe, disse que a empresa fez uma revisão exaustiva a esses veículos e comprovou-se que não tinham instalado qualquer software destinado a manipular emissões poluentes.

O 'kit' fraudulento foi descoberto pelas autoridades ambientais norte-americanas e afeta os motores a diesel EA189, que apenas existem sobre a norma de emissões Euro 5.

Os modelos equipados com a nova geração de motores EA288, com a norma Euro 6, estavam acima de qualquer suspeita, mas a empresa decidiu analisar a primeira versão ainda fabricada ao abrigo da norma Euro 5.

De acordo com informação divulgada por vários media alemães, em cerca de três milhões de automóveis afetados pela manipulação não será suficiente apenas atualizar o programa informático, mas também modificar os motores.

No total, a Volkswagen vai chamar 8,5 milhões de automóveis na Europa para resolver o problema.

A 18 de setembro foram conhecidos publicamente os resultados de testes a emissões poluentes de viaturas equipadas com motores diesel do grupo Volkswagen, relativamente às marcas Volkswagen, Audi, Seat e Sköda, concluindo-se pela existência de viaturas equipadas com um dispositivo que permite a manipulação de informação relativa a emissões poluentes.

O grupo alemão admitiu a existência de 11 milhões de carros nestas circunstâncias, e em Portugal, de acordo com informação divulgada pela SIVA, representante das marcas Volkswagen, Audi e Sköda, estima-se que existam cerca de 94 mil viaturas afetadas, mais 23 mil da marca Seat, totalizando 117 mil veículos.

Lusa

  • Apoiar o Governo "é um dever constitucional"
    0:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que apoiar o Governo é um dever constitucional do Presidente da República. Num balanço do primeiro ano em Belém, Marcelo respondeu assim a quem o acusa de andar com o Governo "ao colo".

  • Brexit só avança com aprovação parlamentar
    3:04

    Brexit

    O Supremo Tribunal britânico decidiu que o Governo precisa de ter a aprovação do Parlamento para avançar com o Brexit. A decisão foi validada por uma maioria de oito contra três juízes e justificada esta terça-feira pelo Supremo britânico. Por consequência, a libra esterlina atingiu a cotação mais alta do ano em relação ao dólar.

  • Primeira-ministra da Escócia apela ao voto contra a saída da UE
    2:25

    Brexit

    Depois da decisão do Supremo Tribunal britânico em relação ao Brexit, a primeira-ministra da Escócia veio pedir aos deputados que votem contra a saída da União Europeia. Nicola Sturgeon vai apresentar uma moção no Parlamento escocês para que este se pronuncie sobre o Brexit.

  • "A Miss Helsínquia é a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza"

    Mundo

    Sephora Lindsay Ikabala venceu o concurso Miss Helsínquia 2017 e, desde então, tem vindo a ser insultada e criticada nas redes sociais. A nigeriana de 19 anos vive na cidade desde criança. "A Miss Helsínquia é literalmente a mulher mais feia que já vi num concurso de beleza", é apenas um dos muitos comentários que circula nas redes sociais.

  • As propostas Chanel para a próxima estação
    1:34

    Mundo

    Um dos desfiles mais aguardados do mundo da moda aconteceu esta segunda-feira, em Paris, com as propostas da casa Chanel para a próxima estação primavera/verão. No final do desfile, e pela primeira vez em 30 anos, Karl Lagarfeld não deu nenhuma entrevista à comunicação social.