sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Toyota ultrapassa Volkswagen nas vendas até setembro

O fabricante de carros japonês Toyota, que foi "destronado" no primeiro semestre pelo alemão Volkswagen, reconquistou o primeiro lugar nas tabelas de vendas de automóveis nos primeiros nove meses do ano, segundo dados publicados hoje.

© Yuya Shino / Reuters

Entre janeiro e setembro, a Toyota vendeu mais de 7,49 milhões de veículos, contra 7,43 milhões da Volkswagen, que neste período ainda não tinha sido afetada pelo escândalo dos motores manipulados para distorcer os resultados das emissões poluentes.

Os dois grupos viram as suas vendas recuar em proporções idênticas (-1,5%).

No caso da Toyota, a diminuição explica-se com as vendas a meio gás no Japão (-7,8%), onde a recuperação económica é muito frágil, enquanto a Volkswagen sofreu com o mau desempenho de determinados mercados, incluindo a China e o Brasil.

Só nos próximos meses é que vai ser possível, portanto, avaliar o impacto do escândalo nas vendas do alemão Volkswagen.

A 18 de setembro foram conhecidos publicamente os resultados de testes a emissões poluentes de viaturas equipadas com motores 'diesel' do grupo Volkswagen, relativamente às marcas Volkswagen, Audi, Seat e Sköda, concluindo-se pela existência de viaturas equipadas com um dispositivo que permite a manipulação de informação relativa a emissões poluentes.

O grupo alemão admitiu a existência de 11 milhões de carros nestas circunstâncias, e em Portugal, de acordo com informação divulgada pela SIVA, representante das marcas Volkswagen, Audi e Sköda, estima-se que existam cerca de 94 mil viaturas afetadas, mais 23 mil da marca Seat, totalizando 117 mil veículos.

Lusa

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.