sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Mais marcas automóveis com emissões acima do permitido, indica agência alemã

A Agência Federal de Veículos a Motor (KBA, sigla em alemão) anunciou hoje ter detetado em vários fabricantes valores de emissões de gases com efeito de estufa acima do permitido, numa investigação lançada após o escândalo Volkswagen.

Martin Meissner

"Com base nos dados brutos, comprovou-se até agora, em parte, altos níveis de NOx [óxido de azoto] em diferentes condições de condução e de ambiente", afirma a KBA em comunicado divulgado, mas sem especificar as marcas ou modelos que não cumprem as regras.

As autoridades alemãs estão agora em conversações com fabricantes de veículos afetados por esses resultados, para avaliá-los, adiantou a mesma fonte, acrescentando que, após a conclusão desta fase de consulta, deveriam procurar-se "consequências legais".

A KBA começou no final de setembro uma avaliação geral a veículos, após o escândalo de manipulação de dados de emissões da Volkswagen na sequência de uma denúncia da Agência de Proteção Ambiental (EPA) norte-americana.

A agência propôs, então, analisar mais de 50 modelos diferentes dos principais fabricantes alemães - Volkswagen, BMW, Daimler - e outras marcas estrangeiras, como Ford, Alfa Romeo, Dacia, Hyundai e Mazda.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.