sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Grupo Volkswagen termina 2015 como líder de vendas na União Europeia

O Grupo Volkswagen foi líder de vendas na União Europeia (UE) no ano passado, tendo matriculado um total de 3.377.799 veículos, num ano marcado pelo escândalo da alteração das emissões nos motores a diesel da família EA189.

Z1018/_Ralf Hirschberger

De acordo com os dados divulgados hoje pela Associação Europeia de Construtores de Automóveis (ACEA), o Grupo Volkswagen matriculou mais 6,1% veículos do que em 2014.

No total, o mercado de veículos de turismo e todo o terreno na UE fechou 2015 com um aumento de 9,3%, terminando o exercício com o registo de 13.713.526 matrículas.

O grupo alemão enfrenta, desde setembro último, um escândalo devido à instalação em 11 milhões de veículos de um dispositivo para deturpar os testes antipoluição.

Dentro do grupo alemão, todas as marcas que o compõem acabaram em alta em 2015, com a Porsche a registar mais 25,7% de veículos do que em 2014 (63.530 unidades), a Skoda mais 6,1% (588.104), a Audi mais 5,7% (738.051) e a Seat mais 2,8% (327.930).

Atrás do consórcio alemão ficaram os grupos franceses PSA Peugeot Citroen (com mais 6,2% para 1.448.819 unidades) e Renault (com mais 9,2% para 1.334.556 unidades).

A Ford foi o quarto fabricante com mais matrículas efetuadas, tendo registado mais 8,6% face a 2014 para 999.224, enquanto em quinto lugar se posicionou o Grupo Opel, que avançou 2,4% para 928.712 unidades.

O Grupo BMW é a marca 'premium' que mais unidades matriculou em 2015, com o número a avançar 12,4% face ao ano anterior (896.390).

A maior evolução positiva no segmento pertenceu à marca Daimler, que matriculou mais 17,3% unidades do que em 2014 (799.386), seguida da Mercedes-Benz, com um aumento de 12,6% para 707.046 unidades.

Lusa

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • "Tudo o que o Benfica está a fazer é uma forma de coação"
    1:59
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    As queixas do Benfica contra a Federação Portuguesa de Futebol e a Liga foram tema de debate no Play-Off da SIC Notícias. Rodolfo Reis, Manuel Fernandes e Rui Santos acreditam que a posição está relacionada com o clássico Benfica-Porto do próximo sábado. Já João Alves considera que estes comunicados podem prejudicar o Benfica.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41
  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.