sicnot

Perfil

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volskwagen

Escândalo Volkswagen

Grupo Volkswagen termina 2015 como líder de vendas na União Europeia

O Grupo Volkswagen foi líder de vendas na União Europeia (UE) no ano passado, tendo matriculado um total de 3.377.799 veículos, num ano marcado pelo escândalo da alteração das emissões nos motores a diesel da família EA189.

Z1018/_Ralf Hirschberger

De acordo com os dados divulgados hoje pela Associação Europeia de Construtores de Automóveis (ACEA), o Grupo Volkswagen matriculou mais 6,1% veículos do que em 2014.

No total, o mercado de veículos de turismo e todo o terreno na UE fechou 2015 com um aumento de 9,3%, terminando o exercício com o registo de 13.713.526 matrículas.

O grupo alemão enfrenta, desde setembro último, um escândalo devido à instalação em 11 milhões de veículos de um dispositivo para deturpar os testes antipoluição.

Dentro do grupo alemão, todas as marcas que o compõem acabaram em alta em 2015, com a Porsche a registar mais 25,7% de veículos do que em 2014 (63.530 unidades), a Skoda mais 6,1% (588.104), a Audi mais 5,7% (738.051) e a Seat mais 2,8% (327.930).

Atrás do consórcio alemão ficaram os grupos franceses PSA Peugeot Citroen (com mais 6,2% para 1.448.819 unidades) e Renault (com mais 9,2% para 1.334.556 unidades).

A Ford foi o quarto fabricante com mais matrículas efetuadas, tendo registado mais 8,6% face a 2014 para 999.224, enquanto em quinto lugar se posicionou o Grupo Opel, que avançou 2,4% para 928.712 unidades.

O Grupo BMW é a marca 'premium' que mais unidades matriculou em 2015, com o número a avançar 12,4% face ao ano anterior (896.390).

A maior evolução positiva no segmento pertenceu à marca Daimler, que matriculou mais 17,3% unidades do que em 2014 (799.386), seguida da Mercedes-Benz, com um aumento de 12,6% para 707.046 unidades.

Lusa

  • Novo dia de protestos contra expropriações na ilha do Farol
    2:30

    País

    A sociedade Polis Ria Formosa concluiu a tomada de posse das construções identificadas como ilegais na ilha do Farol, na Ria Formosa, em Faro. No segundo dia da operação, sob fortes protestos da população, os técnicos da Polis, escoltados pela Polícia Marítima, expropriaram hoje mais 18 construções.

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira