sicnot

Perfil

Euro 2016

Euro 2016

Euro 2016

Fernando Santos diz que já tem a base dos 23 para o Euro2016

O treinador da seleção portuguesa de futebol, Fernando Santos, afirmou hoje, no Luxemburgo, já ter a base da equipa que levará ao Europeu do próximo ano, que decorrerá em França.

(Arquivo)

(Arquivo)

MIGUEL A. LOPES/ LUSA

Na conferência de imprensa de lançamento do jogo particular entre o Luxemburgo e Portugal, de terça-feira, o selecionador indicou "não saber quem são os 23 jogadores que vão ao Europeu", mas a "base, claro que está" já definida.

"Claramente não há um grupo de 23 definido, agora, a base, claro que está. Não faria nenhum sentido que depois de todo um apuramento chegássemos a esta fase e que eu não soubesse de nada o que estava a pensar fazer em relação ao Europeu", afirmou.

Fernando Santos acrescentou que muitos dos jogadores presentes no Luxemburgo "irão ao Europeu, outros que aqui não estão, estarão no Europeu", referindo ainda a possibilidade de ser chamado alguém que nem disputou o apuramento para o Euro2016.

Com o encurtar do confronto com a Rússia de sexta-feira para sábado e a sua transferência de Londres para a cidade russa de Krasnodar, Fernando Santos admitiu hoje ter sido obrigado a "repensar" o esforço dos jogadores. "Mesmo na Rússia [derrota por 1-0], limitei o número de substituições de jogadores", recordou.

Questionado sobre se o empenho dos jogadores será igual num particular e em vésperas, nomeadamente, de um derbi entre Sporting e Benfica (quarta eliminatória da Taça de Portugal, em Alvalade), o treinador respondeu que todos os jogadores têm uma "atitude forte e estão com disponibilidade total, mas que em alguns acasos, no subconsciente" podem resguardar-se nas disputas mais fortes.

"Eu gostava que não fosse assim, mas também compreendo se há um caso ou outro em que isso possa acontecer", admitiu.

Sobre o jogo de terça-feira, que decorrerá no estádio Josy Barthel, na cidade do Luxemburgo, o treinador lembrou que para si não há adversários mais fortes ou mais fracos, mas "adversários que temos que respeitar, com as suas características e com a sua qualidade".

"Mas também é preciso testar os nossos índices de mentalidade, de força e de caráter. Para mim, o jogo com a Rússia teve o mesmo significado que o jogo com o Luxemburgo", sublinhou o selecionador, referindo esperar que Portugal seja uma "equipa muito aguerrida e com muita vontade, muita determinação".

Fernando Santos acredita que "a equipa do Luxemburgo irá trabalhar muito" e que os jogadores luxemburgueses "quase que vão fazer o jogo da sua vida".

"Nós temos que responder da mesma moeda, ou seja, fazer um pouco o jogo da nossa vida e equilibrar os momentos da vontade, da determinação, da organização e da coragem", resumiu.

O técnico fez questão de agradecer à comunidade portuguesa emigrada no Luxemburgo o apoio que têm demonstrado.

"Queremos dar uma alegria, queremos dar uma satisfação à comunidade portuguesa que aqui está, que precisa destes momentos", admitiu o treinador, lembrando que foi "um emigrante de luxo" e que sabe o que representa o "contacto com o país".

Lusa

  • CGD terá de reconhecer imparidades e prepara saída de 2 mil funcionários
    2:45

    Caso CGD

    O novo plano estratégico da Caixa está pronto e foi entregue há duas semanas ao Ministério das Finanças. A SIC sabe que está a ser preparada a saída de 2 mil trabalhadores e que o banco terá de reconhecer imparidades. O Expresso diz que a CGD vai fechar o ano com prejuízos que podem chegar aos 3 mil milhões de euros.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.