sicnot

Perfil

Euro 2016

Euro 2016

Euro 2016

Portugal defronta a Noruega no Dragão e a Estónia na Luz

Portugal vai defrontar a Noruega no Estádio do Dragão, a 29 de maio, e a Estónia na Luz, a 8 de junho, em dois encontros de preparação para o Euro2016, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Futebol.

Em caso de vitória, a seleção nacional assume a liderança do agrupamento e fica mais perto do apuramento direto para o Europeu do próximo ano, que vai decorrer em França.

Em caso de vitória, a seleção nacional assume a liderança do agrupamento e fica mais perto do apuramento direto para o Europeu do próximo ano, que vai decorrer em França.

INACIO ROSA / Lusa

© Arben Celi / Reuters

O encontro do Estádio do Dragão, no Porto, está marcado para as 20:45, enquanto no Estádio da Luz, em Lisboa, o pontapé de saída será dado às 19:45, naquele que será o derradeiro encontro de preparação para a competição, que se disputa em França.

Portugal volta assim a jogar no recinto do FC Porto, quase quatro anos depois de ter empatado 1-1 frente à Irlanda do Norte, em 16 de outubro de 2012, em jogo de qualificação para o Mundial2014, enquanto o mais recente encontro disputado no Estádio da Luz ocorreu em 29 de março último, quando a seleção lusa venceu por 2-1 a Sérvia, no apuramento para o Euro2016.

Entre estes dos encontros, Portugal viaja até Londres, para defrontar a Inglaterra, no Estádio de Wembley, a 2 de junho, numa partida ainda sem hora marcada.

Em março, a equipa das 'quinas' vai defrontar a Bulgária (a 25, em Leiria) e a Bélgica (a 29, em Bruxelas), com o selecionador Fernando Santos a divulgar a convocatória para estas duas partidas particulares na sexta-feira.

A seleção portuguesa vai partir a 9 de junho para França, onde vai defrontar a Áustria, a Hungria e a Islândia, no Grupo F.

Lusa

  • Marido de idosa que morreu na Sertã teve de caminhar durante duas horas para pedir ajuda
    1:44

    País

    A Altice garantiu esta sexta-feira que tentou agendar, por duas vezes, a reposição da linha telefónica na casa da idosa da Sertã, que morreu na semana passada por não ter comunicações que permitissem um socorro rápido. A mulher sentiu-se mal e o marido teve de caminhar durante duas horas para conseguir chegar à casa do vizinho mais próximo e pedir ajuda.

  • "No meu bairro perguntam-me se a medalha é de ouro e dizem que ma vão roubar e vender"
    4:46
  • Como é que alguém (Rúben Semedo) com tanto pode perder tudo?
    3:05