sicnot

Perfil

Euro 2016

Euro 2016

Euro 2016

Marcelo, Costa e Ferro nos três primeiros jogos da seleção portuguesa

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, o primeiro-ministro, António Costa, e o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, combinaram repartir entre si a representação institucional nos três primeiros jogos de Portugal no Euro2016.

Tiago Petinga

Miguel A.Lopes

Está previsto que Ferro Rodrigues assista ao jogo inaugural da seleção portuguesa de futebol, que António Costa esteja no segundo e Marcelo Rebelo de Sousa no terceiro jogo da fase de grupos do Campeonato Europeu de Futebol, em França, confirmaram à agência Lusa fontes dos três órgãos de soberania.

Portugal está no Grupo F da fase final do Euro2016 e vai defrontar a Islândia a 14 de junho, em Saint-Étienne, a Áustria a 18 de junho, em Paris, e a Hungria a 22 de junho, em Lyon.

A 10 de junho, data da abertura do Campeonato Europeu de Futebol, em Paris, o Presidente da República e o primeiro-ministro estarão juntos na capital francesa, mas para os festejos do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

As comemorações do Dia de Portugal terão início em Lisboa, mas vão prosseguir junto da comunidade portuguesa em Paris, numa iniciativa inédita que Marcelo Rebelo de Sousa já disse querer repetir a cada dois anos, junto de outras comunidades portuguesas no estrangeiro.

Lusa

  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.