sicnot

Perfil

Euro 2016

Euro 2016

Euro 2016

Marcelo, Costa e Ferro nos três primeiros jogos da seleção portuguesa

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, o primeiro-ministro, António Costa, e o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, combinaram repartir entre si a representação institucional nos três primeiros jogos de Portugal no Euro2016.

Tiago Petinga

Miguel A.Lopes

Está previsto que Ferro Rodrigues assista ao jogo inaugural da seleção portuguesa de futebol, que António Costa esteja no segundo e Marcelo Rebelo de Sousa no terceiro jogo da fase de grupos do Campeonato Europeu de Futebol, em França, confirmaram à agência Lusa fontes dos três órgãos de soberania.

Portugal está no Grupo F da fase final do Euro2016 e vai defrontar a Islândia a 14 de junho, em Saint-Étienne, a Áustria a 18 de junho, em Paris, e a Hungria a 22 de junho, em Lyon.

A 10 de junho, data da abertura do Campeonato Europeu de Futebol, em Paris, o Presidente da República e o primeiro-ministro estarão juntos na capital francesa, mas para os festejos do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

As comemorações do Dia de Portugal terão início em Lisboa, mas vão prosseguir junto da comunidade portuguesa em Paris, numa iniciativa inédita que Marcelo Rebelo de Sousa já disse querer repetir a cada dois anos, junto de outras comunidades portuguesas no estrangeiro.

Lusa

  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57