sicnot

Perfil

Euro 2016

Euro 2016

Euro 2016

Torre Eiffel pode vestir as cores de Portugal se adeptos dominarem nas redes sociais

A Torre Eiffel poderá vestir as cores de Portugal durante o Euro2016 de futebol se os adeptos da equipa das quinas dominarem nas redes sociais nos dias dos jogos, disse à Lusa Hermano Sanches Ruivo, vereador-executivo de Paris.

© Jacky Naegelen / Reuters

"Durante o dia vai haver vários jogos e as pessoas vão poder comentar nas redes sociais. No final do dia, após o apito final da última partida, a Orange [operadora móvel] conta as mensagens com o hashtag #Por e as cores do país com mais votos vão iluminar a Torre Eiffel", explicou Hermano Sanches Ruivo.

A iluminação vai começar dez minutos após o apito final do último jogo e vai durar 15 minutos. O país selecionado será aquele que tenha tido mais mensagens de apoio dos adeptos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter, através das iniciais do país, como #Por para Portugal, #Fra para França ou #Eng para Inglaterra.

Hermano Sanches Ruivo explicou que haverá, por isso, "a possibilidade de ver as cores da seleção várias vezes", porque há muitos portugueses em França.

Por outro lado, vai ser pendurada uma bola gigante de 12 metros de diâmetro entre o primeiro e o segundo andar da Torre Eiffel, na qual vão ser projetadas algumas mensagens e vídeos do dia.

No Champ de Mars, junto à Torre Eiffel, vai ser instalada uma fan-zone que com capacidade para 92.000 adeptos e que vai contar com um stand da associação de lusodescendentes Cap Magellan.

As cores de Portugal vão também decorar um contentor nas margens do rio Sena, ao lado de outras seleções, devendo o espaço português ser explorado pela Casa do Benfica em Paris, disse à Lusa Cândido Faria, secretário-geral da associação.

"A Câmara de Paris pôs à disposição para cada país um contentor e a Casa do Benfica vai explorar o contentor que lá vai ser colocado e vender camisolas da seleção, entre outras coisas. Além disso, a Casa do Benfica vai estar aberta em cada jogo", explicou Cândido Faria.

Também o café cultural Lusofolie's, em Paris, se prepara para receber o Euro, com a projeção dos jogos de Portugal acompanhada por "bifanas e saladas de povo", explicou à Lusa João Heitor, o diretor artístico do espaço.

"Vamos dar o apoio à seleção portuguesa e francesa. Vai haver um ecrã gigante e sobretudo muita alegria. Vamos ter uns leitões assados, caldos verdes, muita alegria e estou a pensar fazer uns fados, guitarradas e concertinas. Os jogadores têm um calendário muito rigoroso mas vou tentar convidá-los para vir aqui beber um copo", afirmou entusiasticamente João Heitor.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.