sicnot

Perfil

Euro 2016

Euro 2016

Euro 2016

Benzema diz ter sido excluído da França por cedências a partido racista

O avançado Karim Benzema acusou o selecionador de futebol de França, Didier Deschamps, de ter cedido à pressão de um partido político racista para não o convocar para o Euro2016, que começa a 10 de junho.

Reuters

Reuters

© Juan Medina / Reuters

Em entrevista ao diário desportivo espanhol Marca, o colega de Cristiano Ronaldo no Real Madrid não acredita que ficou fora da lista dos eleitos de Deschamps por estar envolvido num processo judicial de chantagem ao seu colega na seleção Mathieu Valbuena.

"Legalmente, sou inocente até provarem que sou culpado. Deviam ter esperado que o sistema judicial tomasse as suas decisões", disse ao jornal o melhor marcador em atividade dos 'bleus' (27 golos).

Benzema, de origem argelina, considera que o selecionador de França o excluiu da lista de convocados, tal como Hatem Ben Arfa, também de origem magrebina, por ter cedido "à pressão de um partido politico racista", em referência ao partido de extrema-direita Frente Nacional.

"Não sei se esta decisão foi exclusiva de Didier Deschamps", insistiu Benzema.

A França é a anfitriã do Campeonato da Europa, que se disputa entre 10 de junho e 10 de julho.


Lusa

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19

    Mundo

    O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos recebeu ao início da tarde na Noruega o prémio pelo trabalho que desenvolveu junto das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, FARC. As cerimónias são este sábado e marcadas pela ausência do Nobel da Literatura, Bob Dylan.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.