sicnot

Perfil

Euro 2016

Euro 2016

Euro 2016

Nani passa a ser o quarto mais internacional de sempre da seleção portuguesa

Nani somou hoje a sua 95.ª internacionalização no particular entre Portugal e Inglaterra, que serve de preparação para o Euro 2016, e tornou-se no quarto futebolista da história com mais jogos disputados pela seleção nacional, tendo ultrapassado Rui Costa.

PAULO CUNHA/LUSA

Com a titularidade no Estádio de Wembley, o extremo de 29 anos, que usou a braçadeira de capitão, passou definitivamente o antigo médio do Benfica e isolou-se no quarto lugar, ficando a 16 jogos de ultrapassar Fernando Couto, que é o terceiro.

Nani tinha igualado Rui Costa a 29 de março deste ano, num particular com a Bélgica (2-1), disputado em Leiria. Costa fez o seu último jogo pela seleção nacional a 4 de julho de 2004, na final do Europeu com a Grécia (0-1), no Estádio da Luz, em Lisboa.

Com apenas 19 anos, Nani estreou-se pela principal equipa de Portugal a 1 de setembro de 2006, num particular com a Dinamarca, em Brondby, que terminou com uma derrota, por 4-2. O jogador formado no Sporting fez o segundo golo da seleção nacional.

Cinco anos depois, o extremo alcançou a marca das 50 internacionalizações num jogo realizado em Zenica, perante a Bósnia-Herzegoniva (0-0), da primeira mão do play-off de acesso à fase final do Euro 2012.

Com o encontro de Londres, Nani ficou a cinco jogos de entrar no restrito grupo dos centenários, que é composto por Luís Figo (127), Cristiano Ronaldo (125) e Fernando Couto (110), podendo já alcançar esse feito no Euro 2016.

Em França, o jogador do Fenerbahçe vai disputar a quarta fase final da carreira, depois de ter estado presente no Euro 2008, Euro 2012 e Mundial 2014.

Além das 95 internacionalizações, Nani tem 18 golos marcados pela seleção nacional.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.