sicnot

Perfil

Euro 2016

Euro 2016

Euro 2016

Selecionador francês recusa comentar acusações de Benzema

O selecionador de futebol de França, Didier Deschamps, recusou hoje comentar as acusações de Karim Benzema de que teria cedido "à pressão de um partido político racista" para não o convocar para o Euro2016, afirmando que não iria "entrar nesse debate".

© Stephane Mahe / Reuters

"Não tenho nenhum comentário a fazer. Eu não quero entrar nesse debate, não estou aqui para isso. Não tenho nada a dizer sobre isso. Estou focado apenas na competição e é isso que nos interessa", disse Didier Deschamps, que falava à margem dos trabalhos da seleção gaulesa.

Em causa estão declarações do avançado Karim Benzema, em que este acusa o selecionador Didier Deschamps de ter cedido "à pressão de um partido político racista [Frente Nacional]" para não o convocar para o Euro2016, que começa a 10 de junho.

Em entrevista esta semana ao diário desportivo espanhol Marca, o colega de Cristiano Ronald no Real Madrid não acredita que ficou fora da lista dos eleitos de Deschamps por estar envolvido num processo judicial de chantagem ao seu colega na seleção Mathieu Valbuena.

"Legalmente, sou inocente até provarem que sou culpado. Deviam ter esperado que o sistema judicial tomasse as suas decisões", disse ao jornal o melhor marcador em atividade dos 'bleus' (27 golos).

Benzema, de origem argelina, considera que o selecionador de França o excluiu da lista de convocados, tal como Hatem Ben Arfa, também de origem magrebina, por ter cedido "à pressão de um partido politico racista", em referência ao partido de extrema-direita Frente Nacional.

"Não sei se esta decisão foi exclusiva de Didier Deschamps", insistiu Benzema.

A França é a anfitriã do Campeonato da Europa, que se disputa entre 10 de junho e 10 de julho.

Lusa

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Novo campo de refugiados construído em Mossul

    Mundo

    Um novo campo de refugiados foi construído em Mossul, no Iraque. Com cerca de 4 mil tendas, foi construído durante 45 dias para albergar os deslocados que se prevê que aumentem com a atual ofensiva militar na zona ocidental da cidade.