sicnot

Perfil

Euro 2016

Euro 2016

Euro 2016

Ferro Rodrigues acredita que Portugal tem a melhor geração de futebolistas

O presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, disse hoje que espera que Portugal seja campeão europeu, numa competição onde, acredita, a "equipa das quinas" terá a melhor geração de futebolistas.

ARMANDO FRANCA

"Espero que Portugal possa fazer melhor do que nunca, ser campeão europeu, pois já fiz em segundo lugar, esta é a época para tirar dúvidas, que eu não tenho, mas há quem tenha, sobre se esta geração de futebolistas portugueses não é a melhor de sempre e eu estou convencido que é e estou muito esperançado", afirmou aos jornalistas antes de visitar a Cidade do Futebol, em Oeiras.

Apesar de rejeitar comparações, o presidente da Assembleia da República diz que Portugal tem oportunidade de ser uma geração de jogadores vencedores.

"É difícil comparar uma seleção de 1966 com 2016, já passaram 50 anos e o futebol é muito diferente tem coisas melhores, outras piores, o grau de exigência maior, mas esta geração tem a grande oportunidade de demonstrar que é uma geração não de vencidos mas de vencedores", sublinhou.

Ferro Rodrigues mostrou-se um seguidor atento da seleção portuguesa: "Sou um entusiasta do futebol desde que me lembro, acompanhei a seleção e foram momentos inolvidáveis nos quais fiz milhares de quilómetros para ver a seleção por exemplo na Alemanha e Suíça e sempre com resultados bons".

Lusa

  • Negócios do fogo
    22:00
  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.

  • "Meninas proibidas de usar saias curtas e roupa transparente" para evitar abusos em Timor
    0:50
  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43