sicnot

Perfil

Euro 2016

Euro 2016

Euro 2016

Marcelo entrega medalhas à seleção de futebol na quarta-feira

O presidente da República cumpre quarta-feira a promessa feita em julho à seleção nacional de futebol e desloca-se à câmara do Porto para impor as insígnias da Ordem de Mérito aos jogadores que se sagraram campeões do Euro 2016.

O anúncio foi feito por Marcelo Rebelo de Sousa que, após a vitória de Portugal no jogo da final do Euro contra a França a 10 de julho, afirmou que iria condecorar os jogadores com o grau de comendador.

No dia seguinte o Presidente da República recebeu nos jardins do Palácio de Belém a seleção portuguesa de futebol e entregou a cada um dos jogadores e treinadores alvarás de concessão de condecorações com a Ordem do Mérito, ficando a expectativa de que as medalhas seriam entregues nos dias seguintes.

Aos jogadores, Marcelo disse então: "o exemplo do que é ganhar com coragem, determinação, capacidade de luta, humildade, e espírito de equipa. Isso faz a diferença. E a diferença entre hoje e ontem é que hoje temos mais razões devido a vocês para acreditarmos em Portugal. Viva Portugal".

Pouco mais de um mês depois da vitória da equipa das quinas, a Câmara do Porto anunciou que irá acolher na próxima quarta-feira, a partir das 18:30, a cerimónia de imposição das insígnias da Ordem de Mérito, com a presença do Presidente da República, do Presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes e do presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira.

Segundo a autarquia "aguarda-se a presença de todos os selecionados para a campanha de qualificação para o campeonato do Mundo, mas também todos os jogadores que, não estando convocados, se sagraram campeões da Europa".

"Após a imposição das insígnias, a equipa nacional vai deslocar-se à varanda principal dos Paços do Concelho para saudar a população, que poderá assistir, em direto, a toda a cerimónia através de ecrãs gigantes instalados na Praça General Humberto Delgado", é referido no Portal de Notícias da câmara.

A Câmara Municipal do Porto preparou também, para as 18:00 de quarta-feira, uma "homenagem aos campeões europeus de futebol" na Praça General Humberto Delgado, convidando os cidadãos a "apoiar a seleção".

Já em julho um adepto da seleção nacional criou uma petição pública online para "ver a Seleção e a Taça no Porto".

O criador da petição, e também autor da página de Facebook "Porto a melhor cidade do País", explicou então à Lusa que perante a "enorme interação da população portuense às publicações referentes à seleção Nacional" achou "injusto não premiar este fiel povo".

Na petição, que ainda está disponível e que contava às 18:30 de segunda-feira com 16.188 assinaturas, pode ler-se que a cidade do Porto "merece este reconhecimento" e que "existem dois milhões de portugueses que querem ver a seleção e a taça no Porto".

Lusa

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.