sicnot

Perfil

Eutanásia

Eutanásia

Eutanásia

Associação de Biomédica lamenta declarações de Pereira Coelho sobre eutanásia

O presidente da Associação Portuguesa de Bioética e candidato à presidência da Secção Regional do Norte da Ordem dos Médicos, Rui Nunes, considerou hoje "particularmente graves" as recentes declarações do médico António Pereira Coelho sobre eutanásia.

Pereira Coelho, ex-membro do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida e professor da Faculdade de Medicina de Lisboa disse, durante o programa "Flash 7 Dias", da RTP Internacional, ter assistido a alguns casos de eutanásia na sua vida profissional nos hospitais.

Para Rui Nunes, trata-se de "declarações particularmente graves" por diferentes motivos.

"Por um lado, gera uma enorme confusão junto da população confundindo aquilo que não deve ser confundido. Confunde-se eutanásia -- isto é tirar a vida de alguém a seu pedido consistente e reiterado por se encontrar em profundo sofrimento, e que é um crime em Portugal -- com outras práticas nomeadamente a suspensão ou abstenção de tratamentos fúteis e desproporcionados", disse.

Por outro lado, acrescentou, "se alguém presenciou casos de verdadeira eutanásia tem a estrita obrigação ética de os denunciar às autoridades competentes, nomeadamente à Ordem dos Médicos".

Para Rui Nunes, "estas e outras denúncias reforçam a necessidade de a Ordem dos Médicos estabelecer normas de orientação claras e consistentes a propósito da morte medicamente assistida".

O especialista em bioética reitera "a necessidade urgente de promover um debate aberto e plural sobre a temática da morte assistida de modo a que os portugueses fiquem cabalmente esclarecidos sobre esta temática".

Desde que um grupo de personalidades assinou um manifesto em defesa da eutanásia, Rui Nunes tem defendido um debate "sério e profundo" na sociedade portuguesa sobre este tema, sublinhando "a necessidade de auscultar a população portuguesa em referendo, bem como a classe médica e outros profissionais de saúde, que poderão estar confrontados num futuro próximo com questões muito delicadas nos campos da ética e deontologia médicas".

Pereira Coelho, conhecido como o "pai do bebé proveta", admitiu já ter vivido a situações de morte assistida.

"Posso dizer que já assisti a alguns casos destes na minha vida profissional nos hospitais", disse.

Entretanto, numa resposta enviada à Lusa, a Procuradoria-Geral da República referiu que "o Ministério Público não deixará de analisar as declarações em questão" e que "sempre que tem conhecimento de factos suscetíveis de integrarem a prática de crime, age em conformidade, através da instauração do competente inquérito".

A Lusa contactou Pereira Coelho, mas o médico não quis prestar declarações sobre o assunto.

Lusa

  • O que é o testamento vital
    2:08

    Eutanásia

    O documento que permite aos cidadãos manifestarem-se sobre os cuidados de saúde que desejam em caso de doença incurável, só foi subscrito por cerca de 2.200 pessoas. Numa altura em que o tema da eutanásia volta a estar em discussão, o Ministério da Saúde quer apostar na informação sobre matérias como o testamento vital.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • A SIC visitou os bastidores do Santuário de Fátima
    7:43
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52