sicnot

Perfil

Eutanásia

Eutanásia

Eutanásia

Canadá aprova lei da eutanásia

O Canadá legalizou na sexta-feira a eutanásia após a votação no Senado de um controverso projeto de lei, que foi criticado tanto pelos defensores da morte assistida como pelos seus contestatários.

O projeto de lei foi aprovado por 44 votos a favor e 28 contra pelo Senado canadiano.

Na quinta-feira, a Câmara Baixa do parlamento tinha aprovado o mesmo diploma por 190 votos a favor e 108 contra.

Após a aprovação pelo Senado, o diploma recebeu a luz real, um processo formal pelo qual o chefe de Estado aprova os projetos de lei aprovados pelo Parlamento, e a lei foi promulgada.

A lei para regular a eutanásia foi pedida pelo Tribunal Supremo do país, quando em fevereiro de 2015 ditou que a lei existente então, que penalizava a morte medicamente assistida, era anticonstitucional e deu ao Parlamento um ano para redigir uma nova lei.

O prazo limite dado pelo Tribunal Supremo para que o Parlamento aprovasse uma nova lei terminou a 07 de junho, sem que os parlamentares do Canadá fossem capazes de chegar a um acordo sobre o texto.

O Tribunal Supremo afirmou na sua sentença que a eutanásia deveria estar disponível para qualquer pessoa que sofresse uma "condição médica dolorosa e irremediável".

Mas o projeto de lei apresentado pelo Governo canadiano, e aprovado na sexta-feira, limitou o acesso à eutanásia aos doentes terminais.

Lusa

  • "Antecipar o fim"
    25:16

    Eutanásia

    Um manifesto e milhares de assinaturas a pedir a despenalização da morte assistida a pedido do doente vão levar o debate sobre a eutanásia ao Parlamento. Todos defendem que é preciso informar e discutir o assunto.

  • O que é o testamento vital
    2:08

    Eutanásia

    O documento que permite aos cidadãos manifestarem-se sobre os cuidados de saúde que desejam em caso de doença incurável, só foi subscrito por cerca de 2.200 pessoas. Numa altura em que o tema da eutanásia volta a estar em discussão, o Ministério da Saúde quer apostar na informação sobre matérias como o testamento vital.

  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.