sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Atentados em Bruxelas

Federação de Futebol em contacto com autoridades belgas a uma semana do jogo

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) informou hoje estar "em contacto com a (...) congénere belga e as autoridades portuguesas, belgas e internacionais", na sequência das explosões no aeroporto de Zaventem, em Bruxelas, a uma semana do particular.

LUSA/ ARQUIVO

As seleções da Bélgica e de Portugal defrontam-se a 29 de março, no estádio Rei Balduíno, em Bruxelas, num jogo de preparação para o Campeonato da Europa de futebol, em França.

"A FPF informa que está em contacto com a sua congénere belga e as autoridades portuguesas, belgas e internacionais, tendo em vista os acontecimentos de hoje e o jogo previsto para terça-feira da próxima semana, em Bruxelas, entre a Seleção Nacional e a seleção da Bélgica, atual número 1 do ranking da FIFA", informou a Federação, numa nota enviada à agência Lusa.

Duas grandes explosões ocorreram ao início da manhã no Aeroporto de Zaventem, em Bruxelas. Pelo menos 13 pessoas e 35 ficaram feridas. Cerca de uma hora depois, uma nova explosão registou-se numa estação de metro em Bruxelas, onde morreram pelo menos 10 pessoas e 15 ficaram feridas.

Com Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.