sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas

Itália defende "estrutura unitária de defesa e segurança" na União Europeia

O primeiro-ministro de Itália, Matteo Renzi, defendeu hoje a criação de um "estrutura unitária de segurança e defesa" na União Europeia contra o terrorismo, no dia em que Bruxelas foi vítima de dois atentados reivindicados pelo Daesh.

© Eric Vidal / Reuters


"Para vencer o terrorismo a UE deve ir até ao final porque faz falta uma estrutura unitária de segurança e de defesa. Discute-se o tema da segurança comum desde 1954, a Europa deve fazer mais no plano interno", argumentou o primeiro-ministro italiano.

Para o presidente do governo italiano, que compareceu depois de presidir a uma sessão do Comité de Ordem e Segurança Nacional, "chegou o moento de dizer com clareza que a ameaça é global mas os assassinos são locais".

Por isso, argumentou, "é preciso um projeto de segurança, que não dê tréguas, que defenda a vida dos cidadãos europeus", mediante uma "estratégia lúcida e racional".

Criticando aqueles que "oferecem soluções milagrosas" e defendem o encerramento de fronteiras, Renzi disse: Quem cria ilusões e diz para fecharmos as fronteiras não se dá conta de que os inimigos já estão nas nossas cidades".

Na senda de reações aos atentados desta manhã em Bruxelas, o primeiro-ministro do Japão manifestou solidariedade e expressou a sua "indignação e comoção" numa missiva enviada ao seu homólogo belga, Charles Michel.

"O terrorismo nunca deve ser tolerado. Ofereço as minhas mais sentidas condolências àqueles que pereceram", disse o primeiro-ministro nipónico em declarações aos jornalistas ocidentais.

O rei de Marrocos, Mohamed VI, também ligou hoje ao seu homólogo belga para expressar as suas condolências e manifestou "a mais enérgica condenaçao destes atos terroristas".

Bruxelas foi hoje de manhã abalada por dois atentados, com duas explosões no aeroporto e uma no metro da capital da Bélgica, que fizeram pelo menos 34 mortos e dezenas de feridos.

A procuradoria belga já confirmou que, no caso do aeroporto, tratou-se de um atentado terrorista suicida.

O nível de alerta terrorista na Bélgica foi elevado para quatro, o máximo da escala.

Lusa

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06
  • Menos casos de sida em Portugal
    1:44