sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas

Itália defende "estrutura unitária de defesa e segurança" na União Europeia

O primeiro-ministro de Itália, Matteo Renzi, defendeu hoje a criação de um "estrutura unitária de segurança e defesa" na União Europeia contra o terrorismo, no dia em que Bruxelas foi vítima de dois atentados reivindicados pelo Daesh.

© Eric Vidal / Reuters


"Para vencer o terrorismo a UE deve ir até ao final porque faz falta uma estrutura unitária de segurança e de defesa. Discute-se o tema da segurança comum desde 1954, a Europa deve fazer mais no plano interno", argumentou o primeiro-ministro italiano.

Para o presidente do governo italiano, que compareceu depois de presidir a uma sessão do Comité de Ordem e Segurança Nacional, "chegou o moento de dizer com clareza que a ameaça é global mas os assassinos são locais".

Por isso, argumentou, "é preciso um projeto de segurança, que não dê tréguas, que defenda a vida dos cidadãos europeus", mediante uma "estratégia lúcida e racional".

Criticando aqueles que "oferecem soluções milagrosas" e defendem o encerramento de fronteiras, Renzi disse: Quem cria ilusões e diz para fecharmos as fronteiras não se dá conta de que os inimigos já estão nas nossas cidades".

Na senda de reações aos atentados desta manhã em Bruxelas, o primeiro-ministro do Japão manifestou solidariedade e expressou a sua "indignação e comoção" numa missiva enviada ao seu homólogo belga, Charles Michel.

"O terrorismo nunca deve ser tolerado. Ofereço as minhas mais sentidas condolências àqueles que pereceram", disse o primeiro-ministro nipónico em declarações aos jornalistas ocidentais.

O rei de Marrocos, Mohamed VI, também ligou hoje ao seu homólogo belga para expressar as suas condolências e manifestou "a mais enérgica condenaçao destes atos terroristas".

Bruxelas foi hoje de manhã abalada por dois atentados, com duas explosões no aeroporto e uma no metro da capital da Bélgica, que fizeram pelo menos 34 mortos e dezenas de feridos.

A procuradoria belga já confirmou que, no caso do aeroporto, tratou-se de um atentado terrorista suicida.

O nível de alerta terrorista na Bélgica foi elevado para quatro, o máximo da escala.

Lusa

  • "Tudo o que se está a passar no Sporting tem um único responsável: Bruno de Carvalho"
    7:08
  • É desta que provam a existência do monstro de Loch Ness?

    Mundo

    Para muitos, o monstro de Loch Ness não passa de uma lenda. A verdade é que a existência ou não desta criatura mística continua a suscitar debates entre aqueles que acreditam e os cépticos. Uma equipa internacional de investigadores quer responder finalmente à questão através da recolha de ADN ambiental do Loch Ness, na Escócia.

    SIC

  • Parabéns! Portugal faz hoje 839 anos

    País

    É dia de cantar os parabéns. Portugal celebra esta quarta-feira 839 anos, depois de a 23 de maio de 1179 o Papa Alexandre III ter emitido a bula "Manifestis Probatum" onde reconhece o território como reino independente.

    SIC

  • Cachalote-pigmeu morreu pouco tempo depois de dar à costa em Lisboa
    1:13
  • Presidente da República apoia reforma "quanto antes" do Tribunal de Contas
    1:13

    País

    O Presidente da República defendeu esta manhã uma reforma do Tribunal de Contas para que se adeque a lei que prevê o controlo das entidades públicas. Para Marcelo Rebelo de Sousa, se a lei der melhores meios de controlo e for de mais rápida aplicação, vai dissuadir casos de má gestão de dinheiros públicos que acabam por resultar em crimes.

  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.