sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas

Medidas de segurança reforçadas em toda a França

As medidas de segurança foram hoje reforçadas nos aeroportos e estações ferroviárias em Paris e em toda a França, após as explosões ocorridas hoje em Bruxelas, avançou a polícia.

© Reuters TV / Reuters

A implantação completa das medidas de segurança está em andamento em todos os oito terminais do aeroporto Charles de Gaulle e nas suas duas estações rodoviárias, que reforçaram os controlos nos comboios que chegam de Bruxelas, disse uma fonte aeroportuária à agência de notícias francesa France Presse.

Patrulhas adicionais foram ainda reforçar a segurança no aeroporto de Orly, no sul de Paris, bem como o sul da cidade de Toulouse.

A segurança foi igualmente reforçada em todas as estações ferroviárias e de transportes públicos na capital parisiense, acrescentaram fontes policiais.

O Presidente francês, François Hollande, realizou uma reunião com o seu primeiro-ministro e o ministro do Interior para discutir as explosões ocorridas em Bruxelas, que fizeram pelo menos 13 mortos e 35 feridos.

As medidas de segurança foram igualmente reforçadas nos aeroportos de Gatwick, em Londres, de Frankfurt, na Alemanha, bem como no aeroporto holandês.

Segundo um testemunho citado pela rádio pública RTBF, as explosões no aeroporto de Bruxelas tiveram lugar cerca das 08:00 locais (07:00 em Lisboa) perto de uma porta de embarque para os Estados Unidos, onde estavam muitos passageiros. A testemunha descreve "muitas pessoas ensanguentadas".

Entretanto, ocorreu mais uma explosão junto à estação de metro de Maelbeek, e, segundo a rádio belga, terá ocorrido uma outra explosão no metro na estação de Schuman, junto ao edifício da Comissão Europeia, em Bruxelas.

Lusa

  • Nascentes do Douro e Tejo estão praticamente secas
    2:55
  • "Para ele, um 'não' não foi suficiente"
    3:39
  • "Diálogos" de Catarina Neves duplamente premiado no festival Muvi
    2:12
  • Isabel II e Filipe de Edimburgo celebram 70 anos de casamento
    0:44

    Mundo

    A rainha Isabel II de Inglaterra e Filipe de Edimburgo celebram hoje 70 anos de casamento. Em dia de comemoração, o Palácio de Buckingham divulgou novas fotografias do casal cuja união é a mais duradora dentro das casas reais. Isabel casou com 21 anos. Seis anos depois foi coroada rainha por ocasião da morte do pai. A rainha e o marido têm quatro filhos, entre eles o herdeiro ao trono, Carlos, oito netos e cinco bisnetos.

  • Um negócio familiar destruído pelas chamas
    8:36