sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Ministro francês anuncia reforço das medidas de segurança em Paris

Ministro francês anuncia reforço das medidas de segurança em Paris

Depois dos ataques desta manha em Bruxelas, que mataram pelo menos 34 pessoas, a segurança foi reforçada em França. O ministro francês do Interior anunciou que este reforço foi feito sobretudo na capital e nos arredores de Paris, assim como nas fronteiras do país.

  • Atentados no aeroporto e metro de Bruxelas

    Atentados em Bruxelas

    Bruxelas foi hoje alvo de ataques terroristas, o balanço de vítimas subiu para 34 mortos e mais de 200 feridos. Duas grandes explosões ocorreram ao início da manhã, às 8:00 locais (7:00 em Lisboa) no Aeroporto de Zaventem. Cerca de uma hora depois, uma nova explosão registou-se numa estação de metro Maelbeek, próximo do quarteirão das instituições europeias. Entre os feridos está uma portuguesa. O alerta antiterrorista está no nível máximo no país, a população foi aconselhada a ficar onde está.

  • Ministro francês sugere a criação de uma força especial europeia
    1:26

    Atentados em Bruxelas

    O ministro francês do Interior sugeriu hoje a criação de uma força especial europeia para combater a falsificação de documentos. Bernard Cazeneuve sublinhou ainda que é urgente reforçar a coordenação na luta contra o terrorismo à escala europeia e internacional. As declarações do ministro vêm na sequência dos atentados desta manhã no aeroporto e metro de Bruxelas, onde morreram pelo menos 34 pessoas.

  • Terrorismo volta a abalar a Europa, 34 mortos em Bruxelas
    5:26

    Atentados em Bruxelas

    Pelo menos 34 mortos e pelo menos 200 feridos é o balanço de mais um atentado na Europa. Desta vez os alvos foram um aeroporto e uma estação de metro de Bruxelas. O terrorismo volta a abalar violentamente território europeu. As primeiras explosões ocorreram por volta das 7:00, hora de Lisboa, num dos principais aeroportos da capital belga.

  • "Segurança a 100% é algo que temos de compreender que já não existe"
    0:59

    Atentados em Bruxelas

    Carlos Coelho descreveu à SIC Notícias o ambiente que se vive na capital da Bélgica. "É uma cidade sitiada, é uma cidade que está com medo", disse o eurodeputado do PSD. Carlos Coelho referiu que todas as atividades das instituições europeias foram cancelas, sublinhou o reforço máximo da segurança, mas salientou também: "segurança a 100% é algo que temos de compreender que já não existe".

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • "É a primeira vez que vai ser testado o programa do Nuno Crato"
    0:57

    País

    Os alunos do 11º e 12º anos de escolaridade fazem hoje o exame de matemática, uma das provas mais importantes no acesso à universidade e para a conclusão do ensino obrigatório. No final do secundário, são quase 50 mil os alunos que hoje fazem a prova que acarreta algumas alterações instituídas ainda pelo ex-ministro Nuno Crato, como explicou à SIC Notícias o diretor do Liceu Camões, em Lisboa.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes