sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Ministro francês sugere a criação de uma força especial europeia

Ministro francês sugere a criação de uma força especial europeia

O ministro francês do Interior sugeriu hoje a criação de uma força especial europeia para combater a falsificação de documentos. Bernard Cazeneuve sublinhou ainda que é urgente reforçar a coordenação na luta contra o terrorismo à escala europeia e internacional. As declarações do ministro vêm na sequência dos atentados desta manhã no aeroporto e metro de Bruxelas, onde morreram pelo menos 34 pessoas.

  • Atentados no aeroporto e metro de Bruxelas

    Atentados em Bruxelas

    Bruxelas foi hoje alvo de ataques terroristas, o balanço de vítimas subiu para 34 mortos e mais de 200 feridos. Duas grandes explosões ocorreram ao início da manhã, às 8:00 locais (7:00 em Lisboa) no Aeroporto de Zaventem. Cerca de uma hora depois, uma nova explosão registou-se numa estação de metro Maelbeek, próximo do quarteirão das instituições europeias. Entre os feridos está uma portuguesa. O alerta antiterrorista está no nível máximo no país, a população foi aconselhada a ficar onde está.

  • Terrorismo volta a abalar a Europa, 34 mortos em Bruxelas
    5:26

    Atentados em Bruxelas

    Pelo menos 34 mortos e pelo menos 200 feridos é o balanço de mais um atentado na Europa. Desta vez os alvos foram um aeroporto e uma estação de metro de Bruxelas. O terrorismo volta a abalar violentamente território europeu. As primeiras explosões ocorreram por volta das 7:00, hora de Lisboa, num dos principais aeroportos da capital belga.

  • "Segurança a 100% é algo que temos de compreender que já não existe"
    0:59

    Atentados em Bruxelas

    Carlos Coelho descreveu à SIC Notícias o ambiente que se vive na capital da Bélgica. "É uma cidade sitiada, é uma cidade que está com medo", disse o eurodeputado do PSD. Carlos Coelho referiu que todas as atividades das instituições europeias foram cancelas, sublinhou o reforço máximo da segurança, mas salientou também: "segurança a 100% é algo que temos de compreender que já não existe".

  • "O efeito multiplicador de um ataque deste género é gigantesco"
    3:10

    Atentados em Bruxelas

    Miguel Monjardino analisa os acontecimentos desta manhã em Bruxelas. O especialista em assuntos internacionais considera que os atentados da capital belga refletem a alteração que se tem verificado no "modus operandi" dos grupos terroristas. Monjardino refere que os atentados suicidas ultimamente têm tido como alvo locais onde se concentram muitas pessoas e que, com frequência, os meios e explosivos usados são pouco sofisticados. "O efeito multiplicador de um ataque deste género é gigantesco", realçou o comentador.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.