sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Ministro francês sugere a criação de uma força especial europeia

Ministro francês sugere a criação de uma força especial europeia

O ministro francês do Interior sugeriu hoje a criação de uma força especial europeia para combater a falsificação de documentos. Bernard Cazeneuve sublinhou ainda que é urgente reforçar a coordenação na luta contra o terrorismo à escala europeia e internacional. As declarações do ministro vêm na sequência dos atentados desta manhã no aeroporto e metro de Bruxelas, onde morreram pelo menos 34 pessoas.

  • Atentados no aeroporto e metro de Bruxelas

    Atentados em Bruxelas

    Bruxelas foi hoje alvo de ataques terroristas, o balanço de vítimas subiu para 34 mortos e mais de 200 feridos. Duas grandes explosões ocorreram ao início da manhã, às 8:00 locais (7:00 em Lisboa) no Aeroporto de Zaventem. Cerca de uma hora depois, uma nova explosão registou-se numa estação de metro Maelbeek, próximo do quarteirão das instituições europeias. Entre os feridos está uma portuguesa. O alerta antiterrorista está no nível máximo no país, a população foi aconselhada a ficar onde está.

  • Terrorismo volta a abalar a Europa, 34 mortos em Bruxelas
    5:26

    Atentados em Bruxelas

    Pelo menos 34 mortos e pelo menos 200 feridos é o balanço de mais um atentado na Europa. Desta vez os alvos foram um aeroporto e uma estação de metro de Bruxelas. O terrorismo volta a abalar violentamente território europeu. As primeiras explosões ocorreram por volta das 7:00, hora de Lisboa, num dos principais aeroportos da capital belga.

  • "Segurança a 100% é algo que temos de compreender que já não existe"
    0:59

    Atentados em Bruxelas

    Carlos Coelho descreveu à SIC Notícias o ambiente que se vive na capital da Bélgica. "É uma cidade sitiada, é uma cidade que está com medo", disse o eurodeputado do PSD. Carlos Coelho referiu que todas as atividades das instituições europeias foram cancelas, sublinhou o reforço máximo da segurança, mas salientou também: "segurança a 100% é algo que temos de compreender que já não existe".

  • "O efeito multiplicador de um ataque deste género é gigantesco"
    3:10

    Atentados em Bruxelas

    Miguel Monjardino analisa os acontecimentos desta manhã em Bruxelas. O especialista em assuntos internacionais considera que os atentados da capital belga refletem a alteração que se tem verificado no "modus operandi" dos grupos terroristas. Monjardino refere que os atentados suicidas ultimamente têm tido como alvo locais onde se concentram muitas pessoas e que, com frequência, os meios e explosivos usados são pouco sofisticados. "O efeito multiplicador de um ataque deste género é gigantesco", realçou o comentador.

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.