sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas

Terceira bomba no aeroporto de Bruxelas desativada pela polícia

Três bombas foram introduzidas no aeroporto de Bruxelas onde hoje de manhã duas explosões mataram 14 pessoas, mas uma delas não explodiu e foi desativada pela polícia, anunciou o governador da província, Lodewijk De Witte.

© Vincent Kessler / Reuters

Uma equipa de desminagem procedeu ao início da tarde à explosão controlada de um objeto suspeito detetado na zona de partidas do aeroporto Zaventem, onde pelo menos 14 pessoas morreram e perto de 100 ficaram feridas em duas explosões.

Esse episódio deveu-se ao facto de "três bombas terem sido introduzidas no edifício, uma das quais não explodiu", disse o governador da província de Brabante Flamengo, que circunda a região de Bruxelas, numa conferência de imprensa no aeroporto transmitida pela televisão.

Bruxelas foi hoje alvo de dois atentados, um no aeroporto e outro numa estação de metro do centro da cidade.

Segundo o mais recente balanço provisório das autoridades, 34 pessoas morreram e perto de 200 ficaram feridas nos dois ataques.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.