sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas

Autoridades belgas confirmam identidades dos irmãos suicidas

Autoridades belgas confirmam identidades dos irmãos suicidas

As autoridades belgas confirmam que os dois irmãos Khalid and Brahim El-Bakraoui participaram ontem nos ataques a Bruxelas. Os dois bombistas suicidas fizeram-se explodir, um no aeroporto e o outro no metro. O procurador-geral Frédéric Van Leeuw diz que continua por identificar e em fuga um dos suspeitos.

Brahim fez-se explodir no aeroporto de Zaventem, onde morreram 11 pessoas. É o homem ao centro na imagem divulgada ainda ontem. Os outros dois permanecem por identificar, segundo o procurador.

Por sua vez, o irmão Khalid detonou uma bomba na estação de metro de Maelbeek, 20 pesssoas morreram aqui e 260 pessoas ficaram feridas.

As autoridades revelaram também que o testamento de Ibrahim El-Bakraoui foi encontrado num computador nas buscas feitas ontem no bairro de Schaerbeek.

O balanço de vítimas dos dois ataques de ontem foi entretanto revisto em baixa para 31 mortos.

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.