sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas

Clientes da TAP podem pedir reemissão de bilhetes de Bruxelas para outros aeroportos

Um porta-voz da transportadora TAP disse hoje à Lusa que os passageiros que pretendiam viajar para Bruxelas podem solicitar que o bilhete seja reemitido, mas para voarem para os aeroportos de países vizinhos.

Devido aos atentados de terça-feira em Bruxelas, em que morreram 34 pessoas e mais de 200 ficaram feridas, o Aeroporto de Bruxelas e o respetivo espaço aéreo mantêm-se hoje encerrados, pelo que a TAP informou que vai realizar um voo às 12:50 entre Lisboa e o Luxemburgo, providenciando nesta cidade transporte rodoviário, para levar e trazer os passageiros de Bruxelas.

Há ainda a possibilidade de pedir a reemissão dos bilhetes para aeroportos de Paris, Amesterdão ou Frankfurt, além de Luxemburgo.

Em declarações à Lusa, André Serpa Soares afirmou que essa reemissão é feita sem qualquer custo e que há total flexibilidade por parte da empresa.

"É isso que estamos a transmitir aos nossos clientes e há já vários casos de pessoas que fizeram esta opção, pedem a reemissão de bilhetes e viajam para e a partir de aeroportos alternativos, uma vez que não é possível voar para Bruxelas", disse.

Ou seja, sublinhou, "para já é oferecida esta possibilidade, de pessoas que tenham viagens até 31 de março e com bilhetes que tenham sido emitidos até ontem, terça-feira, podem pedir reemissão dos bilhetes para uma viagem a realizar até 30 de abril".

No limite, o responsável admitiu que pode ser pedido o reembolso, embora "a empresa não tenha nenhuma obrigação de o fazer".

"A TAP está a ter alguma flexibilidade para equacionar essa hipótese de reembolso, mas não é aquela que é desejável", frisou.

Segundo André Serpa Soares, a transportadora aérea nacional está a fazer o que é possível, salientando que "mesmo que quisesse fazer mais voos para aeroportos próximos de Bruxelas também todas as companhias o querem fazer. Não é tão fácil quanto se possa pensar".

Lusa

  • TAP faz ligação Lisboa-Luxemburgo

    Atentados em Bruxelas

    ​O voo da TAP que deveria ter partido às 7:00 de Lisboa para Bruxelas deverá partir ainda esta manhã com destino ao Luxemburgo, sendo os passageiros depois transportados via terrestre até à capital belga, adiantou uma fonte da transportadora.

  • Atentados no aeroporto e metro de Bruxelas

    Atentados em Bruxelas

    Bruxelas foi hoje alvo de ataques terroristas, o balanço de vítimas subiu para 34 mortos e mais de 200 feridos. Duas grandes explosões ocorreram ao início da manhã, às 8:00 locais (7:00 em Lisboa) no Aeroporto de Zaventem. Cerca de uma hora depois, uma nova explosão registou-se numa estação de metro Maelbeek, próximo do quarteirão das instituições europeias. Entre os feridos está uma portuguesa. O alerta antiterrorista está no nível máximo no país, a população foi aconselhada a ficar onde está.

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.