sicnot

Perfil

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas - 1 ano

Atentados em Bruxelas

Detido em Anderlecht não é o terceiro suspeito dos atentados

Em atualização

As autoridades belgas confirmam que Najim Laachraoui não foi detido hoje e que continuam à procura de um suspeito dos ataques de ontem, que ainda também ainda não identificado. Segundo a TF1, os irmãos El Bakraoui, que se fizeram explodir no aeroporto e no metro, quiseram vingar-se pela detenção de Salah Abdeslam.

BELGIAN FEDERAL POLICE / HANDOUT

Última atualização às 12:25

Afinal o homem detido, esta manhã, em Anderlecht não é Najim Laachraoui nem o terceiro homem alegadamente envolvido nos ataques. De acordo com os media belgas, foi, de facto, detido um homem pelas autoridades mas desconhecem-se as ligações aos suspeitos dos atentados em Bruxelas.

A procuradoria belga indica que continua à procura de um suspeito dos ataques ao aeroporto e que ainda não o identificaram.

Esta manhã, a imprensa afiantou que esse terceiro suspeito seria Najim Laachraoui, nome conhecido na semana passada e relacionado aos ataques de Paris e Salah Abdeslam, atualmente detido.

Najim Laachraoui era conhecido sob o nome falso de Soufiane Kayal. Terá sido ele a fabricar os engenhos explosivos para o massacre na capital francesa.

Irmãos bombistas sucidas

Os outros dois autores conhecidos dos atentados de Bruxelas, são dois irmãos belgas: Khalid e Brahim El Bakraoui e estavam referenciados pela polícia por ligações ao crime organizado.

De acordo com a televisão pública belga, Brahim fez-se explodir no Aeroporto de Zaventem e Khalid detonou a bomba no metropolitano em Maelbeek.

Khalid El Bakraoui tinha alugado uma casa num bairro belga que na semana passada foi alvo de uma operação policial.

Os dois irmãos são também apontados como tendo ligação a Salah Abdeslam, detido por suspeita de ligação aos ataques de novembro em Paris.

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.